PUBLICIDADE
Topo

Marie Severin, quadrinista e colorista da Marvel, morre aos 89 anos

Marie Severin, à esquerda, morreu pouco após um derrame - Reprodução/Facebook
Marie Severin, à esquerda, morreu pouco após um derrame Imagem: Reprodução/Facebook

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

30/08/2018 14h05

Marie Severin, quadrinista e colorista mais conhecida por seu trabalho com a Marvel, em títulos de heróis como Hulk e Kull o Conquistador, morreu nesta quinta-feira (30) aos 89 anos.

Post foi publicado no Facebook por Irene Vartanoff - Reprodução - Reprodução
Post foi publicado no Facebook por Irene Vartanoff
Imagem: Reprodução

A morte foi confirmada pela amiga de longa data Irene Vartanoff, também funcionária da Marvel. Severin morreu em função de complicações de um derrame, sofrido no começo da semana.

A artista entrou na indústria originalmente na EC Comics, quando o seu irmão mais velho, o também falecido John Severin, estava procurando por alguém de confiança para colorir seus desenhos. Ela continuaria na editora até a sua falência.

No final dos anos 1950, entrou para a equipe de produção da Marvel, trabalhando como colorista em diversas revistas e, mais tarde, desenhando suas próprias histórias. Severin ainda serviu como colorista-chefe da Marvel até 1972.

Capa de HQ da Mulher Aranha - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

É dela o design do uniforme original da Mulher-Aranha, que fez sua primeira aparição nos quadrinhos da Marvel em 1977. Severin também foi uma das artistas da linha "Star Comics", publicada brevemente nos anos 1980 com títulos voltados para crianças.

Fora da Marvel, a artista trabalhou também para títulos da DC, Claypool Comics e Fantasgraphics. Severin foi induzida no Will Eisner Comics Hall of Fame em 2001.