Topo

Geek


Após fim de "Big Bang Theory", Mayim Bialik diz que não dará aulas de neurociência

Divulgação
Mayim Bialik em cena na série "The Big Bang Theory" Imagem: Divulgação

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

29/08/2018 09h33

A atriz Mayim Bialik, 42, que interpreta a personagem Amy Fowler em "The Big Bang Theory", postou um vídeo no YouTube gravado no set da série. Com tom de despedida, o vídeo já acumulou mais de 360 mil visualizações na plataforma

Mayim, que é neurocientista, respondeu que como fim da série, não vai ser professora de neurociência. "Talvez algumas pessoas estejam se perguntando: 'Agora você vai ser uma professora de neurociência?'. A resposta é 'não'", diz ela que tem PhD na área. "Eu tenho alguns projetos que estou interessada em produzir, e eu adoraria continuar atuando. Estou trabalhando em projetos para depois de abril. Além disso, estaria mentindo se dissesse que não estou interessada no cinema, adoraria atuar em um filme".

Sobre o fim da série, ela falou que nutre um "sentimento estranho". "Normalmente, quando as coisas acabam, elas acabam logo de cara, mas nesse caso só vai acabar daqui a 23 episódios! Isso significa que temos uma temporada inteira, até o fim de abril, para explorar o que os nossos roteiristas nos derem".

"Meu primeiro pensamento foi: 'Isso significa que coisas malucas vão acontecer na 12ª temporada?'. Bom, eu não sei, nossos roteiristas estão decidindo agora o que querem que aconteça no final", continua. "Eu tenho muitos sentimentos complicados [sobre o fim da série]. Isso tem sido parte da minha vida por quase nove anos".

"Nossa série quebrou muitos recordes, o que é muito louco e incrível", diz ainda a atriz. "Parte de mim pensa nisso e diz: 'Oh, agora vou descobrir como será o resto da minha vida!'. Eu já passei por tantas fases. Eu já era atriz quando criança, depois saí desse ramo para me tornar uma neurocientista, e depois voltei".

Veja o vídeo, em inglês:

"Com toda porta que se fecha, outra se abre", reflete. "Eu me sinto grata por praticar meditação, porque assim me mantenho presente. Eu me sinto grata pela minha tradição religiosa, que me ajuda a abraçar o desconhecido e entender que há coisas sobre o nosso caminho na vida que não conseguimos prever, mas que podem ser parte de um destino maior. Embora exista a vontade de controlar todos os aspectos da nossa vida, há coisas sobre as quais não temos poder, e essa [o fim de 'Big Bang Theory'] é uma delas.".

"Eu também sinto que quero desmontar todo o meu camarim", brinca por fim. "Sinto que quero filmar essa última temporada rápido e sem emoções, mas isso é impossível. Eu estou tão conectada a essas coisas. [...] Talvez eu escolha apenas uma coisa do camarim para levar para casa. Há muita dúvida sobre como proceder nesse final. É muito estranho. Eu só quero tirar um tempo para agradecer a todos os nossos fãs, e a todo mundo que viu os meus vídeos aqui no Youtube. Esperem muitos mais".

A 12ª e última temporada de "The Big Bang Theory" estreia em 24 de setembro.