Topo

Música


Sandy sabe de paradeiro de Tiago Iorc e ri de como virou "sombra" de Junior

Francisco Cepeda/AgNews
A cantora Sandy durante coletiva em São Paulo para divulgar o projeto "Nós, Voz, Eles" Imagem: Francisco Cepeda/AgNews

Renata Nogueira

Do UOL, em São Paulo

28/08/2018 21h50

Lançando um projeto com oito novos parceiros musicais, Sandy não se importa de relembrar daqueles que marcaram sua carreira. A cantora apresentou "Nós, Voz, Eles" nesta terça-feira (28) para a imprensa em São Paulo. E, em entrevista exclusiva ao UOL, falou mais sobre o sumiço de Tiago Iorc, parceiro dela em "Me Espera", e seu irmão Júnior, que recentemente "virou o jogo" com o público jovem ao se descolar da imagem da irmã comandando um canal no YouTube.

Primeiro single do projeto anterior dela, o DVD "Meu Canto", "Me Espera" viralizou ao juntar a voz doce de Sandy a uma das sensações de 2016, Tiago Iorc. Depois de estourar com a música e também com seu projeto solo, o cantor deu um tempo das redes sociais há quase 9 meses, desde janeiro. "Eu falo com ele quase sempre. A gente está super próximo, só não cogitamos gravar nada [no novo projeto dela] para não repetir tão cedo a parceria", conta Sandy. Questionada se sabe onde está o cantor, ela fica sem graça e esconde o jogo, mas admite que os dois seguem próximos e se falam até mesmo por WhatsApp. "O que posso dizer é que está tudo bem, ele está ótimo", garante.

Se as perguntas sobre um possível retorno da dupla já perderam a validade, as redes sociais fazem o papel de manter Sandy & Júnior vivos. Recentemente, eles voltaram a virar assunto depois de um tuíte de um rapaz inconformado que seu irmão de 18 anos sabia quem era Júnior, mas não fazia a mínima ideia de que ele era o irmão da Sandy. Isso porque Júnior comanda há um ano um canal de YouTube que faz muito sucesso entre o público mais novo. E falando sobre música.

"Estou me divertindo muito com essa história. As pessoas não acreditam [que tem quem não saiba quem é Sandy] porque elas têm a referência de Sandy & Júnior e acompanham a minha carreira atual. São os fãs que continuaram acompanhando. Quem é muito jovem não faz parte deste universo. Estou aqui no meio pop/mpb que não é muito da galera jovem que vai pra balada, curte as coisas no YouTube. E meu irmão tem um canal super bem-sucedido", explica Sandy sobre a situação.

Mas, e aí, o jogo virou? "Eu amei essa inversão do universo jovem com o adulto que me colocou no segundo plano, como uma pessoa que não deu muito certo. Eu me diverti vendo isso. Porque era uma coisa meio maldosa que às vezes faziam com o meu irmão de dizer que ele era minha sombra, e que nunca foi. Isso nunca foi um problema pra nós", garante a cantora, que segue esgotando shows onde quer que passe. Os próximos, nos dias 30 e 31 em São Paulo, são um exemplo. O dia 30, inclusive, entrou como data extra.

Novas parcerias

Reprodução/YouTube
Sandy e seu marido, o músico Lucas Lima, em cena do clipe de "Areia", música do projeto "Nós, Voz, Eles" Imagem: Reprodução/YouTube

Se não tem Tiago Iorc em "Nós, Voz, Eles", entra Anavitória, duo apadrinhado pelo cantor. As meninas estão com Sandy em uma das músicas ainda inéditas e Ana Caetano também é uma das compositoras de "Areia", a segunda música do projeto, já lançada em parceria com Lucas Lima. Sandy conta que o convite para as meninas aconteceu antes da música ficar pronta. A composição, também conjunta, saiu na véspera da gravação e deve ser um dos próximos lançamentos do projeto.

Em formato de websérie, com um episódio que mostra o processo de gravação e, posteriormente, um clipe, "Nós, Voz, Eles" terá novidades a cada duas semanas. O formato, inédito na carreira de Sandy, mostra ela com o marido Lucas Lima e os artistas reunidos no estúdio deles em Campinas (SP), que fica na parte de baixo da casa da cantora.

Duas músicas já foram lançadas ("No Escuro" e "Areia") e serão mais seis até novembro. A cada duas semanas, Sandy lançará um webdocumentário às terças, às 19h, e um clipe às sextas. As músicas entrarão no repertório da turnê homônima conforme forem lançadas. Maria Gadú e Lucas Lima foram os primeiros parceiros, e ainda aparecerão no projeto o músico Mateus Asato, o duo Anavitória, a banda Melim, a cantora Iza, o pagodeiro Thiaguinho e o pai de Sandy, Xororó, na primeira inédita deles em parceria.

"É sempre aquele ponto de convergência entre o universo do convidado e o meu. Uma música que seja a minha cara e que o convidado curta cantar, fique à vontade", explica Sandy sobre o que vem por aí, prometendo mostrar "um lado meu que as pessoas conhecem pouco" no projeto que ela classifica como o mais maduro de seus 28 anos de carreira. 

"Sexy sem ser vulgar"

Reprodução/YouTube
Sandy durante a gravação de seu novo projeto, a websérie "Nós, Voz, Eles" Imagem: Reprodução/YouTube

Uma das músicas que já surpreenderam a quem ouviu com atenção foi "No Escuro", justamente a primeira do projeto. Dividindo os vocais com Maria Gadú, Sandy investiu em um arranjo de jazz para a letra dela e de Lucas Lima que fala de sexo. Apesar de terem muitas composições juntos, "No Escuro" é a primeira que fala mais abertamente sobre um assunto que ainda não tinha aparecido no trabalho da cantora de 35 anos.

"É uma coisa mais sensual, tem um duplo sentido. A gente escolheu deliberadamente fazer uma música mais sensual por causa de uma letra que eu já tinha uma parte composta. Aí fomos buscar influências no jazz. Buscamos muita coisa, garimpamos as referências e começamos a compor de uma maneira toda misturada de melodia e letra", conta. "É sexy sem ser vulgar."

Mas "Nós, Voz, Eles" ainda deve impressionar de outras maneiras, promete a cantora. Ela classifica a música que fez com o pai algo bastante diferente do que as pessoas estão esperando. "Foi uma inversão de papéis cantar com o meu pai. Ele sempre foi minha referência, ele produzia todos os meus discos. Mas foi muito especial, pois sou muito fã dele e ele é meu fã", diz. A música com Xororó deve ser uma das últimas a sair, apesar de ter sido gravada em julho.

E Lucas Lima? Por que Sandy demorou tanto a cantar junto com o marido, que também é músico? Ela conta que convencê-lo não foi tão fácil assim. Lucas temia que comentários maldosos, do tipo de ela estaria tentando promover o marido. "Ele [Lucas] não queria gravar, e não queria que a música dele fosse lançada logo no começo. Não queria de jeito nenhum", conta Sandy, que diz ter convencido o parceiro na lábia. A insistência valeu. Só no YouTube, o clipe de "Areia" (veja abaixo) já soma quase 2 milhões de visualizações em quatro dias.

"Eu acho que a gente tem uma certa trava em misturar um pouco vida pessoal com a profissional. Ao mesmo tempo a gente trabalha super bem. Quando falamos das pessoas jurídicas Sandy e Lucas nunca surgiu a ideia de misturar as duas coisas. Quase todas minhas músicas são composições nossas, compomos muito juntos. Somos super parceiros. Mas ali nos bastidores. Nunca pensamos em levar isso para o público, para o palco. Mas com quem eu poderia me sentir mais à vontade senão com o meu pai e com o meu marido? Foi mágico."