PUBLICIDADE
Topo

Noivo de Ariana Grande, Pete Davidson lembra tentativa de suicídio aos 11 anos

Ariana Grande troca beijos com o noivo, Pete Davidson, no pink carpet do VMA 2018, em Nova York - Jamie McCarthy/Getty Images
Ariana Grande troca beijos com o noivo, Pete Davidson, no pink carpet do VMA 2018, em Nova York Imagem: Jamie McCarthy/Getty Images

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

28/08/2018 20h07

Pete Davidson, noivo de Ariana Grande e atual integrante do "Saturday Night Live", conversou com a "Variety" sobre alguns momentos delicados que teve na infância. O ator lembrou de quando teve depressão, ainda pequeno, e também afirmou que tentou o suicídio na adolescência.

Davidson perdeu o pai, Scott, um bombeiro de Staten Island, nos ataques terroristas de 11 de setembro em Nova York. O humorista lutou contra a depressão e a doença de Crohn, um problema sério de inflamação no trato gastrointestinal, quando ainda era pequeno.

"Eu tentei me afogar em uma piscina quando estava na 4ª ou na 5ª série", disse o ator sobre a tentativa de suicídio. "Eu tentei encaixar minha cabeça na escada bem no fundo, para que não conseguisse subir. Mas sou muito frouxo, e a minha cabeça é pequena demais".

O humorista apontou que o único alívio para as dores que sentia pela doença de Crohn era a maconha. Ele acabou internado em uma clínica de reabilitação duas vezes e ainda foi diagnosticado o com Transtorno de Personalidade Borderline, uma condição mental grave que compreende um padrão de instabilidade das relações interpessoais e da própria imagem.

Davidson e Ariana Grande estão noivos desde maio de 2018. "Nunca pensei que fosse encontrar alguém como ela. Não consigo nem explicar o quão maravilhosa ela é. Eu poderia até chorar. Ela é a pessoa mais gostosa e legal que já encontrei".