Topo

Entretenimento


Segurança filma seus puns por seis meses no Instagram, viraliza e é demitido

Instagram/Reprodução
Doug, que era segurança de um hospital, viralizou na internet como "Paul Flart" Imagem: Instagram/Reprodução

Osmar Portilho

Colaboração para o UOL

26/08/2018 04h00

A história de Paul Flart, cujo nome verdadeiro é Doug, como segurança terminou em uma demissão transmitida ao vivo pelo seu Instagram. Mas sua trajetória como viral da internet acabou de nascer. A jornada começou há seis meses na recepção de um hospital dos Estados Unidos. Sob a alcunha de Paul Flart, "A Autoridade do Pum", como se define no Instagram, ele iniciou o ritual que levaria à notoriedade.

A rotina é simples. Sentado em sua mesa, com cabelo ajeitado e bigode impecável, Paul mira o celular para seu rosto e solta um pum. A intensidade da flatulência é sempre uma surpresa para espectador, e muitas vezes até para o próprio segurança. Para os fãs de feeds organizados do Instagram, @paulflart é um deleite: são 75 imagens de seu rosto praticamente na mesma posição enquanto reage aos gases.

Desde o seu primeiro post em 25 de março de 2018, ele soltou puns e filmou suas reações na recepção do hospital onde trabalhava. Trabalhava, no passado, porque ele foi demitido.

Inclusive, ele fez uma transmissão ao vivo no Instagram mostrando o momento de sua demissão. No vídeo, a justificativa de seu gestor foi o fato dele ter usado o celular durante seu expediente, algo aparentemente não permitido em sua norma de conduta.

"A recepção tem uma acústica ótima"

Paul Flart conversou com a Vice dos Estados Unidos sobre sua cruzada. "Eu sempre quero fazer as pessoas darem risada ou sorrir", explicou ele, depois de seu Instagram ter um aumento súbito de seguidores e ultrapassar os 50 mil fãs.

Um dia eu soltei um bem alto e o som foi incrível
@paulflart

No artigo, ele ainda explicou o momento onde teve o estalo - ou pum - para iniciar seu projeto. "Aquela recepção tem uma acústica ótima. E, naturalmente, todos nós soltamos pum. Um dia eu gravei e mandei para um grupo de conversas no celular", afirmou. Um dos amigos de Flart achou peculiar e aí surgiu a ideia da conta no Instagram. Afinal, existe algo mais legítimo do que rir de um pum?

A fama alcançada pela internet cresceu e atingiu pessoas no mundo inteiro. Seus puns rapidamente foram compilados e foram parar também no YouTube. "Tem pessoas da Holanda, Alemanha e Reino Unido me mandando mensagens dizendo que é a melhor coisa do mundo. Que é algo que anima os seus dias. Eu não poderia imaginar algo melhor", continuou.

Desempregado, Paul Flart já tem planos para monetizar seus gases na internet. O ex-segurança está trabalhando em uma linha de produtos com seu rosto e abriu uma conta no Patreon, onde fãs podem dar contribuições para que seu trabalho intestinal continue online.

"Vivemos em uma sociedade onde isso pode ser uma coisa popular e na próxima semana desaparece. Vou continuar produzindo conteúdo", completou.

Após alguns dias afastado depois da demissão, Paul Flart voltou a atacar no seu Instagram. Vestindo sua tradicional camisa branca de segurança, mas claro, já sem o logo da empresa que o demitiu, ele soltou mais um pum, que você assiste aí embaixo.

#paulflart #legend #AmericanHero #security #observeandreport #nofakes #Flartarmy

Uma publicação compartilhada por Paul Flart (@paulflart)

em

Mais Entretenimento