Topo

Oscar

Morre aos 83 anos Barbara Harris, indicada ao Oscar por "O Inimigo Oculto"

Divulgação
Barbara Harris em cena de "Um Dia Muito Louco" (1976) Imagem: Divulgação

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

21/08/2018 16h53

A atriz Barbara Harris, conhecida por papéis em "Nashville" e "Peggy Sue, Seu Passado a Espera", morreu nesta terça-feira (21), aos 83 anos. A norte-americana foi indicada ao Oscar por sua performance coadjuvante em "O Inimigo Oculto", em que atuou ao lado Dustin Hoffman.

O jornal "Chicago Sun-Times" confirmou a morte da estrela, após batalha contra o câncer de pulmão. Harris morava na cidade de Scotsdale, Arizona, e não aparecia nas telas desde 1997, quando atuou em "Matador em Conflito", com John Cusack e Minnie Driver.

Vinda da Broadway, Harris venceu o Tony, o prêmio máximo do teatro americano, em 1967, pela peça "The Apple Tree". Além dos papéis já citados, apareceu em títulos como "Um Dia Muito Louco", "Trama Macabra" e "Os Safados".

Harris esclareceu sua saída de Hollywood no final dos anos 1990 durante entrevista ao "Phoenix New Times". "Eu costumava tentar fazer pelo menos um filme por ano, mas sempre escolhia aqueles que achava que iam fracassar, porque não queria lidar com a fama", comentou.

A atriz passou os seus últimos anos ensinando atuação em Scotsdale. "Eu não sinto falta [de Hollywood]", disse. "Eu acho que a única coisa que me fez querer atuar foi o grupo de pessoas com quem trabalhei no começo da minha carreira. [...] Eu gostava mais do ensaio do que das filmagens. Eu amava o processo, e ressentia ter que apresentar uma performance para o público. Não era interessante".