Topo

Música


Jojo Todynho se emociona ao lembrar da morte do pai

Instagram/Reprodução
Imagem: Instagram/Reprodução

Jonathan Pereira

Colaboração para o UOL

21/08/2018 06h55

Jojo Todynho falou sobre o sucesso meteórico e abriu o coração sobre sua vida no "Conexão Repórter" de segunda-feira (20). A cantora de 21 anos, que estourou com "Que Tiro Foi Esse?", relembrou a morte do pai, na infância.

"Meu pai morreu com tiro. Ele era segurança de farmácia, de mercado, e acontece. Ele fazia segurança de uma lan house perto de casa, eu tinha 10 anos. Isso mexe muito com meu psicológico. Pude melhorar a vida de minha família e ele não está aqui fazendo parte disso", emociona-se.

A funkeira foi criada pela avó e pela tia a partir dos dois meses de idade, pois a mãe precisava trabalhar. "Amor de mãe, mesmo, tenho pela minha avó. Minha mãe é minha melhor amiga, conto tudo para ela", conta.

Ela comenta também a relação com o namorado, MC Renan Pitbull. "Tem gente que fala: 'com dinheiro é fácil', porque ele é muito bonito. Mas ele estava comigo no ovo, tem que estar no filé mignon também. A gente tem que valorizar quem está contigo desde baixo".

Jojo nega que a fama tenha subido à cabeça. "Quem me conhece de verdade sabe que eu jamais daria ataque de estrelismo. Por que eu tenho mais do que alguém, vou pisar nela?". Já a autoestima está nas alturas. "Sabia que um dia eu teria voz, que todo mundo ia conhecer a Jojo. Não vim nesse mundo para passar despercebida, sou um furacão".

E os planos para o futuro? "Quero comprar meu carro e minha casa, tudo junto. Daqui a dez anos quero ser mãe, dar uma boa vida para os meus filhos. Vou criar com regras, não dar um cartão de crédito sem limite", avisa.