PUBLICIDADE
Topo

Filipe Ret lança "Audaz" com versos ácidos e batida pesada; ouça o disco

O rapper Filipe Ret - Facebook/Reprodução
O rapper Filipe Ret Imagem: Facebook/Reprodução

Osmar Portilho

Colaboração para o UOL

17/08/2018 00h15

Filipe Ret lançou na madrugada desta sexta-feira (17) o disco "Audaz". Este é o quarto álbum do rapper carioca e completa a trilogia formada por "Vivaz" (2012) e "Revel" (2015). Do novo álbum, Ret já havia lançado no YouTube o clipe de "Santo Forte", produzida por Rick Beatz, Dallass e Mãolee, que ultrapassou 1 milhão de visualizações em três dias.

No início do ano, o rapper já havia falado sobre "Audaz" e como o disco é reflexo de uma nova fase vivida por ele depois que se tornou pai. "Audaz reflete um novo período importante da minha vida. O conceito do projeto é resultado intuitivo de uma confluência de reflexões, sentimentos e referências que emergiu oportunamente dando vida a uma pequena obra única, o que chamo entusiasmadamente de arte", escreveu ele no Facebook.

Como já é de seu estilo, em "Audaz", Filipe Ret usada batidas pesadas, mas não fica preso aos versos do rap. Com muita propriedade, ele caminha por harmonias de outros gêneros, como o funk, e usa sua voz para cantar linhas melódicas e refrãos intensos.

"Santo Forte", música de trabalho da vez, não por acaso sintetiza bem o clima de "Audaz". Uma batida pesada, versos ácidos com forte crítica social conduzidos por várias melodias e refrãos fáceis de serem decorados. Em "Maconha", Filipe Ret se junta a Marcelo D2 em um grito pela legalização da erva. "Eu já falei e repito, legalize já", canta o rapper do Planet Hemp na faixa.

Filipe Ret assina a produção ao lado de Dallass e Mãolee.