PUBLICIDADE
Topo

Pierce Brosnan diz que novos 007 "perderam humor" e culpa franquia "Bourne"

Pierce Brosman como o agente James Bond - Divulgação
Pierce Brosman como o agente James Bond Imagem: Divulgação

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

16/08/2018 17h28

Pierce Brosnan não é um grande fã dos filmes de 007 estrelados por seu sucessor no papel, Daniel Craig. O ator, que interpretou James Bond pela última vez em "007 - Um Novo Dia Para Morrer" (2002), acha que a franquia "perdeu o humor" nos filmes mais recentes.

Brosnan, visto recentemente em "Mamma Mia! Lá Vamos Nós de Novo", ainda culpa a ascensão de outros filmes de espionagem mais "sérios", como aqueles da franquia "Bourne", pela mudança.

"Eu sabia que estava acontecendo uma grande mudança no gênero [em 2002], mas não sabia que minha saída do papel de Bond contribuiria para isso de forma tão importante", comentou o ator em entrevista ao The Rake".

Daniel Craig no papel de James Bond no longa "Spectre" - Reprodução - Reprodução
Daniel Craig no papel de James Bond no longa "Spectre"
Imagem: Reprodução

"Eu sabia que, depois de minha saída, eles iam fazer ajustes ao personagem. Eles tinham muita competição agora, tinham que atualizar Bond. Eu não esperava que a reformulação fosse em uma direção tão muscular e séria."

"Quando eu estava interpretando Bond, o segredo era deixar o público saber que isso era tudo uma grande, fantástica piada. Eu estava andando em uma motocicleta e pulando dela para um avião, é claro que era engraçado e impossível", completou.

Quanto ao próximo Bond, Brosnan quer alguém que possa dar um "certo rebolado" para o personagem, em suas próprias palavras. Sua sugestão é Tom Hardy, ator conhecido pelos papéis em "Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge" e no ainda inédito "Venom".

O próximo filme de 007, ainda com Daniel Craig no papel, tem estreia marcada para 14 de novembro de 2019.