PUBLICIDADE
Topo

Estrela do primeiro "Guardiões", Glenn Close lamenta demissão de James Gunn

A atriz Glenn Close posa com o diretor James Gunn - Getty Images
A atriz Glenn Close posa com o diretor James Gunn Imagem: Getty Images

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

15/08/2018 15h52

Com dezenas de filmes e seis indicações ao Oscar na bagagem, Glenn Close surpreendeu ao aparecer no primeiro "Guardiões da Galáxia", no pequeno papel de Nova Prime.

Em entrevista ao podcast da Hollywood Foreign Press Association, organização que concede o Globo de Ouro, ela lamentou a demissão do diretor e roteirista James Gunn do terceiro filme da franquia, após tuítes contendo piadas ofensivas sobre pedofilia e estupro ressurgirem nas redes sociais.

"Eu me senti triste [quando soube da demissão]", comentou a estrela. "Triste por James e por toda a situação. Triste porque estamos em uma sociedade em que as pessoas dizem nas redes sociais o que não tem coragem de dizer face a face. Se você faz isso, é melhor pensar melhor nas coisas que diz nas redes sociais."

Glenn Close em cena de "Guardiões da Galáxia" - Reprodução - Reprodução
Glenn Close em cena de "Guardiões da Galáxia"
Imagem: Reprodução

"Quando trabalhei com ele, foi o meu primeiro filme desse tipo, com esse tipo de orçamento, em Hollywood. O set de 'Guardiões' era agradável, e eu senti que James era um ótimo diretor."

Close se prepara para estrear "The Wife", drama que pode levá-la de volta ao páreo do Oscar. O filme chega aos cinemas norte-americanos nesta sexta (17), sem previsão de estreia no Brasil.