PUBLICIDADE
Topo

Allison Mack, atriz de "Smallville" condenada por tráfico sexual, quer voltar a atuar

A atriz Allison Mack - Drew Angerer/Getty Images
A atriz Allison Mack Imagem: Drew Angerer/Getty Images

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

15/08/2018 17h35

A atriz Allison Mack, condenada por tráfico sexual, quer volta a atuar.

Os advogados da estrela de "Smallville: As Aventuras do Superboy" pediram na última terça-feira (14) algumas modificações em sua pena, informou a "E!". Atualmente, a atriz está em prisão domiciliar após pagar uma fiança de US$ 5 milhões.

Allison pede para que ela possa, de forma legal, deixar a casa dos pais em Los Alamitos, na Califórnia (EUA), para voltar a trabalhar, fazer serviços religiosos semanais e ir para a escola.

"As acusações a privaram de continuar sua carreira de atriz", argumentam os advogados da atriz, que ainda garantem que ela "está interessada em contribuir com a sociedade".

Relembre o caso

No começo deste ano, Allison Mack, que fez Chloe Sullivan na série sobre as aventuras do jovem Superman, foi presa por se envolver com tráfico de mulheres. Ela fazia parte do grupo Nxivm, acusado de ser um culto sexual secreto.

De acordo com a revista "Variety", as mulheres selecionadas passavam por um ritual de passagem. Elas eram marcadas na região pélvica com uma caneta de cauterização. As marcas eram as iniciais KR (Keith Raniere, líder da organização) ou AM (Allison Mack).

Durante o procedimento, as pessoas da seita geralmente colocavam suas mãos sobre seu peito e diziam frases como: "sinta a dor" e "pense no seu mestre". Nuas, elas faziam um voto de lealdade ao seu guru. Sua submissão era reforçada com fotos nuas que eram guardadas pelo grupo.

Mack foi liberada após pagar uma fiança de US$ 5 milhões. Um juiz magistrado dos Estados Unidos soltou a atriz após seus pais colocarem a casa da família em Los Alamitos, na Califórnia (EUA), como garantia e ela concordar em morar com seus pais sob prisão domiciliar.