PUBLICIDADE
Topo

"Guerra Infinita": Diretores contam como escolheram os heróis que morreram

Robert Downey Jr. em cena de "Vingadores: Guerra Infinita" - Reprodução
Robert Downey Jr. em cena de "Vingadores: Guerra Infinita" Imagem: Reprodução

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

14/08/2018 12h10

ATENÇÃO: SPOILERS DE "VINGADORES: GUERRA INFINITA" A SEGUIR.

Os irmãos Anthony e Joe Russo, que dirigiram "Vingadores: Guerra Infinita", revelaram em um novo vídeo como escolheram quem seriam as vítimas do estalar de dedos do vilão Thanos (Josh Brolin) no fim do filme.

"Nossas escolhas foram baseadas nos personagens", comenta Anthony. "Precisamos pensar nas jornadas de cada um deles, e buscar aqueles que renderiam mortes mais emocionais. A primeira pessoa a desaparecer é Bucky (o Soldado Invernal, interpretado por Sebastian Stan), e você assiste a isso do ponto de vista do Capitão América (Chris Evans). Colocamos o espectador no lugar do Capitão, vendo o seu amigo ir embora".

"Depois, temos a morte do Pantera Negra (Chadwick Boseman), que é vista do ponto de vista de Okoye (Danai Gurira). A missão da vida dela era proteger o seu rei", continua o diretor. "Ver os personagens reagirem nesses momentos é muito poderoso e impactante".

Os diretores ainda falaram sobre os erros cometidos pelos heróis, incluindo Thor (Chris Hemsworth), que enterrou o machado no peito de Thanos ao invés de sua cabeça. "Se ele tivesse ido direto para um golpe fatal, tudo isso poderia ser evitado. O que os espectadores têm que entender é que esses heróis estão tomando decisões que vem de um lugar de imensa dor e emoção. Todo mundo comete erros, e espero que eles se relacionem com isso", explica Joe.

"Vingadores: Guerra Infinita" chegou aos cinemas brasileiros em maio e já arrecadou mais de US$ 2 bilhões de bilheteria mundialmente. A parte 4 dos Vingadores, ainda sem título oficial, estreia no ano que vem.