Topo

Livros e HQs

George R.R. Martin diz que morte de Gandalf inspirou as mortes de "GoT"

Getty Images
George R.R. Martin, criador de "Game of Thrones" Imagem: Getty Images

Felipe Branco Cruz

Do UOL, em São Paulo

14/08/2018 14h31

O escritor americano George R.R. Martin, autor da série "As Crônicas de Gelo e Fogo", que deu origem à série "Game of Thrones", ficou conhecido por não ter dó em matar os personagens mais queridos de suas histórias, deixando os fãs desolados.

Fã confesso de J.R.R. Tolkien, autor de "O Senhor dos Aneis", Martin disse, em entrevista à rede americana PBS, que a morte do mago Gandalf, o chocou. "A maior criação de Tolkien são seus personagens. E então Gandalf morre. Não consigo explicar o impacto que isso causou em mim aos 13 anos. Você não pode matar Gandalf. Conan não morreu nos livros do Conan. Tolkien quebrou a regra e eu o amo por isso", disse Martin. 

O autor foi ainda mais longe e afirmou que, no momento que o autor mata Gandalf, o suspense de tudo que se segue é mil vezes maior. "Porque, agora, qualquer um pode morrer. Isso causou um grande efeito na minha própria disposição de matar meus personagens num piscar de olhos".

Vale lembrar que Gandaf morre após enfrentar um balrog, mas o Vala (espírito superior) permite que o mago retorne no mesmo corpo para terminar de cumprir a sua missão, deixando de ser o Cinzento, para tornar-se Gandalf, o Branco.

Confira a entrevista:

Mais Livros e HQs