Topo

Pop


Tiago Iorc está "desaparecido" desde janeiro; Record investiga paradeiro

Valerie Macon/AFP Photo
O cantor Tiago Iorc Imagem: Valerie Macon/AFP Photo

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

12/08/2018 21h13

Tiago Iorc está sumido do mapa desde janeiro deste ano. O cantor, que atingiu o sucesso nacional com o último álbum "Troco Likes" (2015), alertou os fãs que tiraria um tempo longe dos holofotes.

"Concluí que um descanso vai me fazer bem. Me ausentar dessa nossa vida instagrâmica que nos consome e me permitir viver sem calcular tanto, me descobrir em novos medos, voltar a ter certeza do que é improvável. É só pra isso que sigo nessa vida. Até já, já", escreveu o músico em seu Instagram no dia 7 de janeiro.

Desde então, não apareceu mais nas redes sociais, não faz mais shows, não dá mais entrevistas e parece ter abandonado a carreira no auge.

Tiago ainda foi comparado a Belchior, ícone da música popular brasileira, que desapareceu em 2007, e ficou quase dez anos vagando sem dar notícias. Cartola, Adele e o ator Stephen Fry também passaram por situação parecida, quando entraram em um hiato na carreira profissional.

O "Domingo Espetacular", da Rede Record, decidiu investigar o paradeiro do jovem de 32 anos, que fez mais de 300 apresentações com a última turnê e ainda analisou o que faz uma pessoa de sucesso querer abandonar tudo.

O programa falou com Felipe Simas, empresário de Iorc, que explicou melhor a correria dos últimos anos. "A partir de 2015, como a carreira tomou uma proporção maior, a gente começou a entrar em ritmo muito intenso de shows."

"Não, de maneira nenhuma [é o fim da carreira]. Ele falou no fim do post que é 'até já, já'. Só que a gente não sabe até quando vai esse já, já", completou Simas. A psicóloga Andréa Matheus, consultada pela reportagem, ainda explicou que a geração que nasceu em meados dos anos 80 tem uma mentalidade mais "livre".

"Eles acham que ganhar dinheiro e construir uma família pode ficar para mais tarde, nesse momento querem ter outras experiências. Essa geração pensa mais em viver do que conquistar, é ser e não ter", analisou a especialista.

Recentemente, Tiago Iorc produziu o último álbum de Anavitória, e sempre foi uma espécie de braço direito do duo antes mesmo dos hits "Trevo" e "Agora Eu Quero Ir". Por fim, Simas ainda reiterou que não sabe exatamente onde o cantor está, apenas que "está pelas Américas".

Mais Pop