Topo

Com Djonga e Negra Li, "Favela Vive 3" critica Cocielo e cita Marielle; veja

Diego Assis

Do UOL, em São Paulo

10/08/2018 10h56

Após um ano de espera, a terceira parte da série de clipes "Favela Vive" chegou ao YouTube na noite desta quinta-feira (9) com críticas à violência policial no Rio, ao assassinato da vereadora Marielle Franco e aos tuítes racistas do youtuber Julio Cocielo. Em menos de 24 horas, "Favela Vive 3" bateu 1 milhão de visualizações e se tornou #1 nos clipes em alta na semana no site.

O vídeo da produtora de rap Esfinge e da dupla ADL tem participações de Djonga, um dos grandes destaques do rap nacional em 2017, Negra Li e dos MCs cariocas Choice e Menor do Chapa.

Em sua participação no vídeo, DK, da dupla ADL, aborda o episódio em que Marcos Vinícius, um menino de 14 anos, morreu por um tiro de bala perdida na comunidade carioca da Maré, em junho passado. 

Mais uma mãe revoltada, uma pergunta sem resposta
Como o policial não viu seu uniforme da escola?
Vinicius é atingido com a mochila nas costas
Como é que eu vou gritar que a Favela Vive agora?
Cocielo fez piada, mas no beco ninguém riu
Tava ensinando racismo pra um público infantil

Conhecido pelos versos sempre politizados, Djonga faz referências às eleições e à suposta ligação de políticos com o tráfico de drogas. 

A morte da vereadora do PSOL Marielle Franco, em março, é citada em outro momento do cypher - nome dado à colaboração de vários rappers em uma mesma faixa - por Choice, que cita o bordão "Marielle, presente". Negra Li encerra a colaboração com rimas quebradas a seu estilo e atualizando a máxima de sua parceria com Chorão: "o jovem no Brasil sendo levado a sério".

E aí, curtiu? Comente abaixo.

Com participações de Froid, MV Bill e outros, as duas primeiras versões de "Favela Vive" foram lançadas respectivamente em 2016 e 2017 e já passam das 45 milhões  de visualizações no YouTube somadas.

Você quer mais notícias sobre rap nacional no UOL?

Resultado parcial

Total de 1359 votos
80,65%
Klaus Mitteldorf/Divulgação
19,35%
Keiny Andrade/Folhapress
Total de 1359 votos

Valide seu voto

Errata: o texto foi atualizado
14/08/2018 às 07h39
Diferentemente do informado inicialmente, o vídeo foi feito em parceria entre a ADL e a Rexpeita. Não houve participação da produtora Esfinge. O conteúdo foi corrigido
10/08/2018 às 14h48
Diferentemente do informado inicialmente neste texto, os versos sobre a morte de Marcos Vinícius, na favela da Maré, são de autoria do rapper DK, e não de Djonga. O conteúdo foi corrigido.

Newsletters

Receba por email as principais notícias do UOL sem pagar nada.

Quero receber

Mais Rap nacional