Topo

Filmes e séries

Bill Murray é acusado de agredir fotógrafo irmão de cantora famosa

Nathan Denette/AP Photo/The Canadian Press
Bill Murray toma banho de chuva após distribuir autógrafos no 39º Festival Internacional Cinematográfico de Toronto, no Canadá Imagem: Nathan Denette/AP Photo/The Canadian Press

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

10/08/2018 13h02

O ator Bill Murray se envolveu em uma disputa com Peter Simon, fotógrafo e irmão da cantora Carly Simon, em um restaurante em Martha's Vineyard, nos Estados Unidos. A reportagem do "Boston Globe" publicou que o boletim de ocorrência policial cita o nome de Murray, mas que Simon disse não ter reconhecido o ator no momento do incidente.

O fotógrafo disse que estava trabalhando em um restaurante chamado Lola's, que o contratou para tirar fotos do local, quando um homem o "puxou por trás e o jogou contra uma porta". Depois identificado como Murray, o homem teria dito para Simon que tinha o poder de expulsá-lo do restaurante se ele continuasse tirando fotos.

"Ele parecia mais do que pronto para me matar estrangulado", relembra o fotógrafo. "Eu disse para ele: 'Você sabe quem eu sou?'. Não para ofendê-lo, mas para dizer que era um fotógrafo contratado pelo restaurante. Ele me respondeu com: 'E você sabe quem eu sou?'".

Simon diz que Murray então o soltou e voltou para sua mesa - no entanto, mais tarde, quando estava deixando o restaurante, o ator se aproximou dele com um copo d'água na mão, com o qual encharcou o fotógrafo e sua câmera. "Ele me tratou como a pior pessoa da Terra", relembra.

Em sua defesa, Murray deixou registrado no boletim de ocorrência que Simon estava "tirando fotos dele sem permissão e o assediando". Representantes de Murray e do restaurante Lola's não quiseram comentar o caso para a imprensa norte-americana.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!