Topo

Música

Simaria revela problemas de saúde além da tuberculose e diz que perdeu os dentes

Francisco Cepeda/AgNews
Simaria, da dupla com a irmã Simone, durante coletiva em São Paulo Imagem: Francisco Cepeda/AgNews

Renata Nogueira

Do UOL, em São Paulo

07/08/2018 20h30

Simaria, da dupla com Simone, se prepara para voltar aos palcos após uma pausa de quatro meses para cuidar da saúde. O retorno, marcado para esta quinta-feira (9) em um show no Espaço das Américas, em São Paulo, só acontece depois de uma liberação médica. A coleguinha pediu o apoio dos fãs, já que ainda não está 100% e terá de fazer mais dois meses de tratamento contra a tuberculose ganglionar diagnosticada após 18 dias de internação.

Ao receber a imprensa nesta terça-feira (7) para falar da volta da dupla, Simaria aproveitou também para contar detalhes de tudo o que enfrentou no período em que Simone tocou os shows sozinha. A cantora de 35 anos revelou que a tuberculose não foi o único problema que a tirou dos palcos. Seu corpo já dava sinais de que algo não estava certo.

Francisco Cepeda/AgNews
Simaria, da dupla com a irmã Simone, durante coletiva em São Paulo Imagem: Francisco Cepeda/AgNews

"Além da tuberculose, eu me lasquei de tudo o que é jeito. H. pylori (bactéria que pode causar câncer de estômago), anemia, joelhos machucados por conta do salto... Tive que fazer fisioterapia e estou fazendo fortalecimento com academia. E os dentes. Meu médico já tinha notado que eu não estava bem por causa de umas lentes (de contato dentais) antigas que eu tinha feito com um profissional que não era bom. Quando fui procurar um profissional de verdade, meus dentes estavam todos acabados."

Apesar do problema sério, a coleguinha relembrou a situação com seu já característico bom humor. "Estou igual a uma vampira quando você arranca os dentes e fica só os fiapos. Se você me olhar sem dente, você corre", contou aos risos. Simone então interrompeu a irmã para lembrar que Giovanna, filha de Simaria, chorou de susto quando viu a mãe sem os dentes. 

"Meu médico novo disse que não faria lentes novamente enquanto não soubesse o que estava acontecendo com a minha boca. Ele só vai mexer quando eu estiver 100%. O dente que estou é provisório, mas ele é tão perfeito que parece de verdade", explicou, mostrando o sorriso de perto para os fotógrafos presentes.

Leia também:

Doença silenciosa

A coleguinha também falou sério. Feliz pelo retorno, mas ainda em tratamento, ela fez questão de alertar para a gravidade da "doença silenciosa". Simaria, que chegou a pesar 42 kg no auge da doença, diz ter recuperado apenas 2,7 kg até agora. Voltando aos palcos perto dos 45 kg, ela diz que pretende chegar ao seu peso normal, entre 49 kg e 50 kg.

"Tuberculose ganglionar surgiu na guerra quando os soldados não se alimentavam bem e não tinham o descanso merecido. Eles acabavam contagiados pela doença, pois a imunidade vai para o chão. Isso é muito sério. É uma doença silenciosa. Você pode ter e às vezes nem sabe que tem. Se você tiver se sentindo muito cansado, sem força, sem energia pra nada, se tiver febre no final da tarde, se estiver se sentindo esgotado é porque talvez você esteja com essa doença", alertou a cantora.

Simaria diz que o exame que detectou a tuberculose dela é o mesmo usado para detectar câncer. "O médico notou que os problemas que eu estava tendo não eram comuns a uma mulher de 35 anos", pontuou. "Só recuperei 2,7 kg. Eu não voltei. A gente põe uma roupinha e dá uma tapeada, mas meu corpo ainda não está do jeito que era para estar."

O tratamento segue com muita atenção. Ela está se alimentando de 2 em 2 horas e tomando muita água, hábito que admite que não tinha antes. "Ninguém está me obrigando. Coloquei na cabeça que meu corpo precisa de comida para eu ficar bem. Eu me conscientizei. A comida é um lance de cabeça. Se você não botar na cabeça que tem que comer por saúde, você não vai mudar sua saúde e continuará tendo problemas."

Manuela Scarpa/Brazil News
Simone e Simaria comemoram a volta aos palcos como dupla Imagem: Manuela Scarpa/Brazil News

Manuela Scarpa/Brazil News
As irmãs Simone e Simaria comemoram retorno da dupla com um beijo Imagem: Manuela Scarpa/Brazil News

Ritmo desacelerado

Mesmo com o retorno confirmado, a música recém-lançada "1 em Um Milhão", e os planos de gravação de um DVD, Simaria ainda pediu a compreensão dos fãs.

"Se um dia eu estiver fazendo um show e precisar ir embora, é porque tenho de descansar. Eu não estou curada, não estou 100%. Falta 2 meses e meio de tratamento, mas eu tenho fé em Deus que em breve estarei curada. Já me sinto bem melhor do que eu estava e, por isso, meu médico me liberou para fazer trabalhos. Só não em excesso."

Como Simone já havia adiantado em junho, a agenda da dupla desacelera e volta com no máximo três shows por semana, priorizando os finais de semana.

"Se eu malhar, comer direitinho e me cuidar, vou poder fazer os shows. Eu não posso mais entrar em uma pilha de trabalho em que eu só como na hora que der. Se eu voltar a fazer isso minha tuberculose reativa e eu posso morrer", afirmou.