PUBLICIDADE
Topo

Presidente Hassum admite corrupção em teaser de "O Candidato Honesto 2"

Leandro Hassum em teaser de "O Candidato Honesto 2" - Reprodução
Leandro Hassum em teaser de "O Candidato Honesto 2" Imagem: Reprodução

Leonardo Rodrigues

Do UOL, em São Paulo

07/08/2018 03h59

Após ser acusado e condenado por corrupção, João Ernesto foi eleito presidente do Brasil com mais de 50 milhões de votos. Nesse meio tempo, ele foi preso, passou por condução coercitiva, tirou selfie com o juiz Sérgio Moro e ficou amigo do famoso "Japonês da Polícia Federal".

A “parada foi sinistra”, confessa ele, em mais um arroubo “sincerão”, em um pronunciamento feito para divulgar o filme “O Candidato Honesto 2”. O longa estreia no próximo dia 30 de agosto. Veja o vídeo acima, divulgado em primeira mão pelo UOL.

Dirigida por Roberto Santucci, a comédia mostrará o que acontece com o personagem depois de chegar ao Palácio do Planalto alavancado pela fama de dizer sempre a verdade. O problema é que um ano se passa e ele vê o Brasil afundado em uma grande crise.

Ao tentar consertar o país, influenciado pelo seu vice, um vampiro que é cara do presidente Michel Temer, ele toma decisões que podem resultar em impeachment. Alguma semelhança com a vida real? Victor Leal, Flavia Garrafa, Cassio Pandolfh e Mila Ribeiro também estão no elenco.

Lançado em 2014, também às vésperas de uma eleição, o "Candidato Honesto" foi um dos sucessos de bilheteria do ano, contando a história de um político corrupto que, por um passe de mágica, passa a dizer somente a verdade.