PUBLICIDADE
Topo

Stan Lee anuncia que não vai mais aparecer em público para dar autógrafos

Stan Lee passeia pelo estande da Marvel e dá autógrafos na San Diego Comic-Con 2016 - Felipe Branco Cruz/UOL
Stan Lee passeia pelo estande da Marvel e dá autógrafos na San Diego Comic-Con 2016 Imagem: Felipe Branco Cruz/UOL

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

06/08/2018 09h23

O lendário quadrinista Stan Lee, de 95 anos, não vai mais aparecer em público para dar autógrafos para os fãs. O assessor Jonathan Bolerjack confirmou que Lee está "se aposentando" desse tipo de evento para o site "Bleeding Cool".

"Para ser bem claro, Stan não vai mais fazer nenhum tipo de convenção de quadrinhos ou assinatura de autógrafos. Nos últimos anos, o bem estar dele tem sido comprometido por pessoas interessadas no ganho monetário, mas não mais", comentou Bolerjack.

"Conforme a vida de Stan voltar ao normal nos próximos meses, poderemos retormar a prática de assinar revistas em quadrinhos enviadas por correio através da Desert Wind Comics, mas não no mesmo ritmo que antes. A saúde de Stan vem em primeiro lugar", completou o assessor.

A declaração serve como uma "alfinetada" a Max Anderson, ex-empresário de Lee que foi acusado de abuso de idoso quando suas práticas com o quadrinista da Marvel foram descobertas. Ele aguarda julgamento em liberdade.

A Desert Wind informa que o preço de uma revista em quadrinhos assinada por Lee pode chegar a US$ 180, o equivalente a R$ 667, dependendo da edição de HQ que o fã quiser autografada.