PUBLICIDADE
Topo

Pablo Larrain grava no Chile novo filme "Ema", com Gael Garcia Bernal

O ator Gael Garcia Bernal no Globo de Ouro de 2016 - REUTERS
O ator Gael Garcia Bernal no Globo de Ouro de 2016 Imagem: REUTERS

Felipe Branco Cruz

Do UOL, em São Paulo

05/08/2018 09h54

O diretor chileno Pablo Larraín, indicado em 2013 ao Oscar de melhor filme estrangeiro por "No", está filmando seu novo trabalho "Ema", em Valparaíso, no Chile, com a participação do ator mexicano Gael García Bernal.

Em "Ema", Bernal interpretará um coreógrafo de uma companhia de dança local enquanto Di Girolamo, que faz a sua estreia no cinema, interpreta sua mulher, uma professora infantil. O elenco conta ainda com Paola Yanini e Santiago Cabrera.

O enredo conta como o casal está lidando com uma adoção que deu errado e faz a família desmoronar. De acordo com o diretor, em uma reportagem publicada pelo site Indie Wire, a história tem vários personagens expressando-se pela música contemporânea, incluindo o reggaeton, embora o trabalho não seja um musical.

"Acho que esse é um melodrama que eu nunca fiz antes, onde o carinho das pessoas pelos outros é essencial para a história", afirmou. Para o diretor, a história é como "uma meditação sobre a vida familiar". "Há uma nova dinâmica familiar com a qual eu gostaria de lidar como reflexo do mundo contemporâneo".

O filme está sendo feito enquanto um outro projeto do diretor está parado, o filme "The True American", que tem previsão de lançamento para 2019. O filme é uma adaptação de um livro de não-ficção de Anand Giriharadas sobre um oficial da Força Aérea de Bangladesh, baleado por um terrorista americano que matou muçulmanos após o 11 de setembro.

Além de "No", que foi indicado ao Oscar, Larrain também fez os filmes "Jackie", que conta a história de Jacqueline Kennedy e rendeu uma indicação ao Oscar de melhor atriz para Natalie Portman.