PUBLICIDADE
Topo

"Todo mundo quer", diz Slash sobre Guns N'Roses gravar novas músicas

Slash e Axl Rose estão em turnê pelo mundo há dois anos com o Guns N"Roses. Em 2017, o grupo se apresentou no Rock in Rio - Bruna Prado/UOL
Slash e Axl Rose estão em turnê pelo mundo há dois anos com o Guns N'Roses. Em 2017, o grupo se apresentou no Rock in Rio Imagem: Bruna Prado/UOL

Ana Cora Lima

Do UOL,no Rio

04/08/2018 20h53

Era para ser um reencontro com uma temporada de apenas cinco shows, mas o Guns N’Roses voltou com tudo e há dois anos está na estrada pelo mundo com os seus grandes sucessos. Mas, os fãs já cobram músicas inéditas no repertório e tudo indica que existe, sim, a possibilidade de um novo disco. Quem anunciou a novidade foi o guitarrista Slash, durante uma participação surpresa na noite desta sexta-feira (3), no programa  "Trunk Nation LA Invasion - Live From The Rainbow Bar & Grill”,de uma rádio, em Los Angeles, nos Estados Unidos.

"Isso foi comentado. Acho que todo mundo quer e vamos ver o que acontece. Estamos ocupados tocando em todo o planeta", disse o guitarrista, se referindo à bem-sucedida turnê "Not  In T his  Life time", e que acabou revelando detalhes do reencontro da banda.

“Nós não tínhamos um plano de longo prazo. Axl e eu nos reunimos e achamos que seria legal fazer os shows do Coachella porque volta e meia a gente recebia a proposta do festival para se reunir e sempre rejeitava. Esse era o foco principal – tocar apenas no Coachella e fazer alguns shows de aquecimento como no Troubadour, fizemos também um show em Las Vegas, outro no México e as duas apresentações do festival. Tudo correu muito bem e as coisas se encaixaram. Então a gente disse, ‘Ok, vamos fazer essa turnê pelos Estados Unidos que estão nos oferecendo,’ e aí tudo virou uma grande bola de neve”.

Slash lembrou que foram 23 anos separados - os  últimos shows da banda foram na  América do Sul, em 1993 -, e assumiu tem gostado da reunião do Guns N’ Roses. O guitarrista falou sobreo primeiro “episódio” do retorno, quando a banda ensaiou no lendário Troubadour da sua terra natal, Los Angeles: O momento mais surreal foi a passagem de som no Troubadour [2016]. “ Esse momento foi surreal.. Olhar para o lado e ver Axl e Duff, foi tudo surreal. O resto parecia muito, muito novo. Eu estava com um cara que foi meu parceiro no crime durante tantos anos antes da gente ter esse, meio que, desentendimento. E aí, obviamente, Duff. E nós estávamos lá fazendo esses shows”, completou o músico.