PUBLICIDADE
Topo

Fox diz que criadores de "Os Simpsons" saberão lidar com polêmica sobre Apu

Apu, personagem dos Simpsons - Reprodução
Apu, personagem dos Simpsons Imagem: Reprodução

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

02/08/2018 20h51

Dana Walden e Gary Newman, chefões da Fox Television Group, acreditam que os criadores de "Os Simpsons" vão saber lidar com a polêmica recente sobre o personagem indiano Apu.

"Nós tivemos conversas com [produtor executivo] Jim Brooks e sua equipe, e deixamos nas mãos deles", disse Walden durante a Fox Television Critics Association. "Eles tratam a animação e seus personagens com muito respeito, confiamos neles no que for melhor para o programa. Não tenho certeza ainda do que eles vão fazer, mas imaginamos que eles é que devem tomar esta atitude".

O ator e comediante de origem indiana Hari Kondabolu fez um documentário, que foi exibido em novembro de 2017, com o título "The problem with Apu" (O problema com Apu), no qual denuncia os estereótipos associados ao personagem, começando por seu sotaque carregado.

O criador de Os Simpsons, Matt  Groening, e o ator Hank Azaria, dublador do dono de um supermercado em Springfield, se negaram a aparecer no filme para responder perguntas sobre o assunto.

Após a estreia, Azaria opinou publicamente que o documentário "levantou pontos muito interessantes", mas a produção da série não reagiu até 8 de abril, no episódio 633 da 29ª temporada.

Matt Groening, criador dde "Os Simpsons" - REUTERS/Phil McCarten - REUTERS/Phil McCarten
Matt Groening, criador dde "Os Simpsons"
Imagem: REUTERS/Phil McCarten

Nele, Marge tenta apagar de um livro infantil que comprou todos os elementos que podem ferir a sensibilidade de alguém. Depois, lê a história para sua filha Lisa, que a acha muito chata.

"O que eu posso fazer?", pergunta  Marge. "É difícil dizer", responde Lisa, olhando para os espectadores. "Uma coisa que começou há décadas e era aplaudida e inofensiva agora é politicamente incorreta, o que se pode fazer?", diz Lisa, voltando-se para um retrato de Apu, para o qual pisca o olho.

"Algumas coisas se resolverão mais para frente", diz Marge. "Ou talvez não", conclui Lisa.

A controvérsia, no entanto, não afetou Matt Groening, que disse ter "orgulho" do trabalho feito na série em uma entrevista ao jornal USA Today. "Acho que estamos vivendo um tempo na nossa cultura em que as pessoas adoram fingir que estão ofendidas".