Topo

Música

Nem Marília, nem Anitta: a artista mais popular do Brasil hoje é uma galinha

Montagem UOL/Reprodução, Manuela Scarpa/Brazil News
Anitta, Galinha Pintadinha e Marília Mendonça, as artistas mais populares do Brasil Imagem: Montagem UOL/Reprodução, Manuela Scarpa/Brazil News

Diego Assis

Do UOL, em São Paulo

01/08/2018 16h02

A música sertaneja e o funk podem estar bombando nas rádios, arenas de shows e televisões, mas a julgar por dados prévios compilados nesta quarta (1º) pela empresa de inteligência estratégica para desenvolvimento de audiência Playax, a Galinha Pintadinha é a artista mais popular do Brasil hoje.

Recém-lançado, o serviço de medição de popularidade adotado, por exemplo, pelo programa "Só Toca Top", da Globo, leva em conta o desempenho dos artistas não só nas rádios e TVs, mas também em todo o espectro de plataformas digitais de consumo de música hoje -- Spotify, YouTube, Deezer, Shazam e mesmo Instagram e Twitter.

Cada uma dessas categorias tem um peso diferente, de acordo com fatores como alcance de público e menções em redes sociais, e a nota final de cada artista é considerada para determinar sua popularidade geral.

Fonte: Playax
Ranking parcial dos artistas mais populares da semana de 27/7 a 2/8/18, extraído em 1º/8. Os dados podem sofrer alteração até 5/8 Imagem: Fonte: Playax
Na semana que se inicia no dia 27 de julho e encerra amanhã, 2 de agosto, a Galinha lidera por enquanto, seguida da dupla Zé Neto e Cristiano, Marília Mendonça, Anitta, Jorge e Mateus e Wesley Safadão. (Os dados podem sofrer alterações até a consolidação total dos números, em 5/8).

Só dentro desta semana, já foram 54.726.500 execuções da Galinha Pintadinha no YouTube, plataforma em que ela soma mais de 12 milhões de seguidores - 3 milhões a mais que Anitta.

Nas rádios do país, é claro, a Galinha, o Galo Carijó e seu Pintinho Amarelo não apitam nada. Tiveram apenas 21 execuções, segundo o ranking da Playax, contra 49,5 mil da líder Marília Mendonça e os 29,8 mil de Anitta.

Um "clássico" de raiz
Criada pela produtora paulista Bromélia Filmes, a série musical de cantigas infantis é sucesso no ambiente digital há mais de uma década. No total, existem 47 clipes musicais, que misturam canções de domínio público e composições próprias e já somam mais de 7,5 bilhões de views só no YouTube.

Procurado pelo UOL, Marcos Luporini, compositor e criador da Galinha Pintadinha, recebeu com surpresa a informação sobre o primeiro lugar geral, mas reconhece e acompanha o bom desempenho no online.

"A Galinha tem provado essa popularidade faz tempo. O nosso primeiro vídeo subiu quando o YouTube nem tinha sido comprado pelo Google ainda. Costumo dizer que a gente é meio pré-histórico, raiz, na internet", diz Luporini, responsável por tocar e gravar todos os instrumentos ao lado de Vera Fuzaro, que faz as vozes nos clipes.

Perguntado sobre os motivos da longevidade de sua "popó", o músico aposta no público-alvo. "A gente faz as músicas para crianças bem pequenininhas, então é um público que vai se renovando. O pai só vai descobrir a Galinha quando tem o filho, então nunca tem essa a sensação de algo que já passou."

Há novos hits pintando por aí? Luporini desconversa e diz que está trabalhando "sem pressa" em novas composições e na internacionalização da marca para América Latina, Europa e Ásia.

A gente trabalha com objetivo de a Galinha se tornar um clássico. Só o tempo vai dizer se estávamos certos.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!