PUBLICIDADE
Topo

Líder do Imagine Dragons se diz Illuminati e expõe famosos: "Estou em risco"

Dan Reynolds, vocalista do Imagine Dragons, durante show no Brasil - Manuela Scarpa/Brazil News
Dan Reynolds, vocalista do Imagine Dragons, durante show no Brasil Imagem: Manuela Scarpa/Brazil News

Osmar Portilho

Colaboração para o UOL

01/08/2018 15h24

Dan Reynolds, vocalista da banda Imagine Dragons, usou seu Instagram para postar uma série de vídeos nos quais diz fazer parte da suposta sociedade secreta Illuminati.

"Chegou a hora. Nada mais importa. Os Illuminati são reais. Eu sou um integrante e é por isso que o Imagine Dragons é famoso. Estou em grande risco ao revelar isso, mas acredito na honestidade absoluta. Beyoncé não fala sobre isso e nem o Chris Martin", afirmou o músico, encenando uma preocupação esbaforida nos vídeos.

Na internet, a suposta existência da Ordem dos Illuminati passou de teoria de conspiração até virar meme, principalmente ao atribuir que grandes artistas fariam parte desta sociedade secreta. São várias teorias sobre a origem da história, mas todas afirmam que o grupo teria como objetivo estabelecer uma nova ordem mundial.

A cantora Beyoncé é uma das que recebe mais teorias e piadas em torno dessa "dominação mundial". Até sua filha com Jay-Z, Blue Ivy, entrou na jogada. Segundo a conspiração, suas iniciais seriam "Born Living Under Evil Illuminati Very Youngest". Em inglês, algo como "a integrante mais jovem dos Illuminati".

A lista de "revelação" de Reynolds sobre quem faz parte dos Illuminati segue. "Elon Musk, Harry Styles, Beyoncé, Taylor Swift. Estou em muito perigo, mas quero revelar todos os nomes que eu posso. Nicolas Cage, Danny DeVito, Reba McEntire, as gêmeas Olsen, Zendaya", continuou.

Já que o post foi feito nos stories, os fãs de Dan correram para questioná-lo na foto mais recente do Instagram. "É uma piada? Essa coisa dos Illuminati?", escreveu um seguidor.

Um fã de Taylor Swift a defendeu sobre a "acusação". "Taylor não é Illuminati. Ela está sendo controlada por eles. Não a acuse de ser maléfica. Nós podemos ver", postou.