PUBLICIDADE
Topo

Chefe da CBS, um dos homens mais poderosos de Hollywood, é acusado de assédio

Leslie Moonves, atual chefe da emissora norte-americana CBS - Getty Images
Leslie Moonves, atual chefe da emissora norte-americana CBS Imagem: Getty Images

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

27/07/2018 13h16

Leslie Moonves, atual chefe da emissora norte-americana CBS e um dos homens mais poderosos de Hollywood, é acusado de assédio sexual por funcionárias da emissora. Os incidentes serão revelados em uma reportagem da revista "The New Yorker" que será publicada ainda nesta sexta-feira (27), mas o "The Hollywood Reporter" teve acesso ao conteúdo e antecipou publicamente.

Ronan Farrow, o repórter que primeiro publicou as alegações contra Harvey Weinstein no ano passado, é quem assina a nova reportagem. Segundo o "The Hollywood Reporter", os incidentes são de mais de 20 anos atrás em que Moonves teria apalpado e beijado à força funcionárias da emissora.

O chefão da CBS é casado com a apresentadora Julie Chen, que comanda a versão norte-americana do "Big Brother", desde 2004. A emissora tem os maiores índices de audiência da TV aberta do país, e exibe sucessos como "The Big Bang Theory" e "Mom".

Recentemente, Moonves ajudou a lançar a CBS All Access, rede de streaming da emissora, lançando títulos como "Star Trek: Discovery", "The Good Fight" e "Strange Angel" exclusivamente na plataforma.

Moonves, 68, também se encontra atualmente em uma batalha judicial contra Shari Redstone, maior acionista da Viacom, companhia de comunicações "irmã" da CBS. Os dois brigam para decidir se as duas empresas devem se unir em uma só ou se manterem separadas, com Moonves insistindo que uma junção não seria favorável.