PUBLICIDADE
Topo

Astro do primeiro reality show da história da TV, William Loud, morre aos 97

Cena do reality show "An American Family" - Divulgação
Cena do reality show "An American Family" Imagem: Divulgação

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

27/07/2018 10h13

William Loud, patriarca da família que estrelou "An American Family" (1973), considerado o primeiro reality show da história da televisão, morreu nesta quinta-feira (27) por causas naturais. Ele tinha 97 anos, e a morte foi confirmada pelo Facebook oficial da família.

"Marido, pai, empreendedor e veterano da Segunda Guerra Mundial e da Guerra da Coreia, a inteligência, criatividade e entusiasmo [de William] o carregavam pelo mundo. Ele era um provedor generoso, um grande contador de histórias, e um verdadeiro cavalheiro", comentou a família nas redes sociais.

Exibido na emissora norte-americana PBS durante janeiro de março de 1973, o reality "An American Family" simplesmente seguia a rotina da família Loud, mas causou polêmica ao abordar temas considerados tabus na época, como divórcio (William e a esposa, Patricia, se separaram durante a série) e homossexualidade (Alanson, um dos filhos do casal, se assumiu para os pais).

Em 1983, dez anos depois da série original, a HBO produziu um documentário de 1 hora revisitando a família Loud e relatando a forma como eles lidaram com a fama repentina. A história virou filme de ficção com "Cinema Verité - A Saga de Uma Família Americana" (2011), com Tim Robbins no papel de William.