Topo

Filmes e séries


Por segundo ano seguido, Festival de Veneza tem só um filme dirigido por mulher

Reprodução
Cena de "The Nightingale", faroeste da australiana Jennifer Kent Imagem: Reprodução

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

2018-07-25T15:21:13

25/07/2018 15h21

Pelo segundo ano seguido, apenas um entre os 21 filmes selecionados para a competição principal do Festival de Veneza é dirigido por uma mulher: "The Nightingale", faroeste da australiana Jennifer Kent ("O Babadook").

Durante o anúncio da seleção de filmes que disputará o cobiçado Leão de Ouro no evento, feito nesta quarta-feira (25), o diretor artístico Alberto Barbera se comprometeu com mais diversidade nas próximas edições, mas disse que se demitiria caso uma "cota de diretoras mulheres" fosse imposta à seleção. As informações são da "Variety".

"Eu vou dizer isso bem diretamente: O dia em que eu tiver que escolher um filme somente por ele ser dirigido por uma mulher é o dia em que eu vou trocar de trabalho", comentou Barbera.

Barbera reconheceu que as diretoras são minoria até mesmo se você amplia a contagem para além dos longas que concorrem ao prêmio principal: mesmo com todas as mostras alternativas e exibições especiais, o Festival de Veneza 2018 terá 15 filmes dirigidos por mulheres entre um total de mais de 70 selecionados.

O diretor artístico culpa o desequilíbrio na escassez de submissões dos estúdios e produtores, dizendo que apenas 21% dos 1.650 longas analisados para formar a seleção eram dirigidos por mulheres.

"O problema existe, mas nós não olhamos para os filmes baseados no gênero do diretor. Olhamos para os filmes baseados na qualidade", comentou. "O que fazemos é o exato oposto da discriminação, é o respeito máximo. Se começarmos a operar em termos de cotas e números, eu acho que as mulheres serão as primeiras a serem humilhadas".

Paolo Baratta, chefe da empresa que organiza o Festival de Veneza todos os anos, também apareceu para falar sobre a seleção, e comentou sobre a questão do desequilíbrio de gênero. "Nós precisamos dar as ferramentas para que mulheres possam fazer mais filmes", disse.

Ele ainda notou que o Biennale College, programa do Festival de Veneza que dá bolsas para jovens cineastas realizarem seus primeiros filmes, concedeu duas de suas três vagas para mulheres em 2018. O Festival de Veneza 2018 acontece entre 29 de agosto e 8 de setembro.