PUBLICIDADE
Topo

Chefe da HBO diz que guerra com a Netflix "não existe"

Casey Bloys, da HBO, durante evento realizado nesta quarta-feira (25) - Frederick M. Brown/Getty Images
Casey Bloys, da HBO, durante evento realizado nesta quarta-feira (25) Imagem: Frederick M. Brown/Getty Images

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

25/07/2018 14h30

Casey Bloys, chefe de programação da HBO, nega que a emissora por assinatura esteja "em guerra" com o serviço de streaming Netflix pela primazia da produção de conteúdos para TV.

A "Entertainment Weekly" noticiou a declaração de Bloys durante o TCA, evento para os críticos de TV norte-americanos: "Toda vez que eu sou perguntado sobre a Netflix, é sob essa ótica de uma guerra entre nós e eles que não existe de verdade".

Bloys ainda parabenizou a Netflix por conseguir o maior número de indicações ao Emmy 2018, o maior prêmio da televisão, tirando esse título da HBO pela primeira vez neste século. "É uma grande realização, e eles fizeram por merecer. Eles precisam comemorar isso", comentou.

Por fim, o executivo ainda negou uma reportagem, originalmente publicada no "The New York Times", que dizia que os chefes da AT&T, gigante das comunicações que comprou a HBO recentemente, haviam pedido para os executivos da emissora adotarem um modelo de negócios mais "diluído", semelhante ao da Netflix.

"Ninguém nos pediu para fazer isso. Só o que eu ouvi o pessoal da AT&T dizer é que querem investir mais na nossa programação, o que é música para os meus ouvidos. Ninguém nos pediu para aumentar o nosso volume de produção, não até o ponto em que perderíamos o controle de qualidade", disse.