PUBLICIDADE
Topo

Cantora viraliza com palavrão e explica: "É um pensamento coletivo sincero"

Ananda, cantora da música viral "Quero Que Tu Vá" - Reprodução/YouTube
Ananda, cantora da música viral "Quero Que Tu Vá" Imagem: Reprodução/YouTube

Renata Nogueira

Do UOL, em São Paulo

24/07/2018 04h00

Uma voz feminina suave, um piano ao fundo e, de repente, um refrão recheado de palavrões. Foi assim que "Quero Que Tu Vá", música da cantora Ananda em parceria com MC Koringa (Joker Beats), virou o novo fenômeno da internet.

A canção criada "quase sem querer" há exatos 20 dias (em 4 de julho), ganhou clipe há três, no último sábado, e já passa de 1,5 milhão de visualizações só no YouTube. Mas a força veio mesmo dos grupos de WhatsApp, onde os versos se espalharam ainda no dia da criação.

"A música é livre, e o pensamento coletivo segue essa ideia. Quem não tem um dia que quer mandar todo mundo tomar no c*? É um pensamento coletivo sincero. Só estou sendo eu mesma", justifica Ananda ao UOL, por telefone.

"Recebemos alguns reacts (reação em vídeo) da música. E é muito engraçado. As pessoas vão escutando e pensam: voz bonita, ideia legal... Quando chega no palavrão a galera dá aquela gargalhada gostosa. Recebemos até de idosos se divertindo. O fato de eu cantar de forma suave, que é a minha marca registrada, a forma de levar a música, realmente surpreendeu", acredita.

Ainda surpresa com a repercussão da música, a cantora de 26 anos falou também sobre o encontro com Marília Mendonça um dia antes em um show na cidade onde mora, o Rio de Janeiro. A musa da sofrência foi uma das que ajudaram a disseminar "Quero Que Tu Vá" ao cantar a música nas redes sociais como um desabafo pelas recentes críticas ao seu novo visual.

A sertaneja não foi a única responsável por bombar a música na internet. "Como eu sonhei com isso. Quando vi [o humorista] Rafael Portugal, [a cantora e youtuber] Luisa Sonza, [o rapper] Hungria postando fiquei super contente. A galera do humor está apoiando muito, o Thiago Ventura colocou no meio de uma peça dele. Está muito legal."

Música seria descartada

Já o desabafo de Ananda surgiu em uma noite no estúdio de MC Koringa, que assina suas produções musicais como Joker Beats. A cantora era fã e acabou virando parceira musical dele.

"Nós passamos o dia juntos na intenção de compor. Já temos um EP, tínhamos duas músicas já prontas, que eram parte desse nosso projeto de compor pra mim, pra ele e até para outros artistas. E nesse dia deu tudo errado. A gente tinha se programado, eu vim pra cá, tivemos vários problemas e quando fomos ver já era quase 22h e não tínhamos conseguido fazer nada". 

Foi aí que, ao se despedir de Ananda, Koringa resolveu mostrar um áudio de uma ideia que tinha guardado no celular. "Quando eu ouvi, eu falei: 'isso é muito bom', e comecei a rir." Aquilo era o refrão da música, já com o palavrão.

Ananda, Marília Mendonça e MC Koringa - Reprodução/Instagram/@anandacantora - Reprodução/Instagram/@anandacantora
Ananda, Marília Mendonça e MC Koringa
Imagem: Reprodução/Instagram/@anandacantora

A ideia do produtor era descartar o áudio, mas Ananda insistiu e, em 20 minutos, completou a letra e criou "Quero Que Tu Vá". "A música foi disponibilizada inicialmente só com o teclado, coisa simples. E as pessoas deram suas versões. Virou arrocha, trap, eletrônico, funk 150... A música deixou de ser minha ali." A explicação faz sentido, já que Ananda garante que não se inspirou em uma situação específica para destilar tanta raiva em uma só letra.

"Eu vesti o coletivo. Todo mundo quer dar um papo reto, e eu sou muito 8 ou 80. Nesse dia eu estava um pouco estressada porque as coisas não tinham saído, e isso me inspirou. Mas não foi nada para alguém. Eu componho já e senti aquilo. Sou muito sensível, sou canceriana. Quando fui vendo a estrutura da letra fui ficando com mais raiva."

Clipe gravado no trabalho

O videoclipe, lançado no último sábado, foi editado em tempo recorde de 24 horas e gravado em um clube na Barra da Tijuca, onde Fernanda Gama - o nome de batismo dela - trabalha como hostess.

"O clipe é bem fiel à minha realidade. Coloquei uma roupa que eu trabalho, e gravamos em uma segunda-feira antes do clube abrir. Foi bem corrido, fizemos em horas", revela.

Apesar de seguir trabalhando como hostess, ela teve que trancar a faculdade de Jornalismo no 4º período para dar continuidade à carreira musical. "Tudo aconteceu durante as minhas férias. Quando voltassem as aulas sei que ficaria impossível."

Ananda - Reprodução/YouTube - Reprodução/YouTube
Assim como no refrão de "Quero Que Tu Vá", Ananda se revela no vídeoclipe da música
Imagem: Reprodução/YouTube

Versão "light" para rádio e TV

Momentos depois de a reportagem conversar com Ananda, o Multishow já exibia o clipe no programa "TVZ" em sua versão light. Batidas sonoras dão lugar ao "vai tomar no c*" e "vá pra  p*** que o pariu" subentendidos com o desenrolar da letra.

"Todo mundo sabe o real conteúdo da música. Inclusive está no clipe (a versão do YouTube), fizemos questão de deixar no clipe", diz sobre os palavrões do refrão.

"A versão nova foi 'mutada', o instrumento fala o palavrão. Ele pronuncia para mim". Com o mesmo nome, essa será a versão apresentada na TV, rádios e em lugares que não podem executar a original e explícita.