PUBLICIDADE
Topo

Cantora de "zona" se arrisca no The Voice e arrebata Michel Teló

Indira Mel, de 30 anos, foi aprovada no "The Voice Brasil" - Reprodução/TV Globo
Indira Mel, de 30 anos, foi aprovada no "The Voice Brasil" Imagem: Reprodução/TV Globo

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

19/07/2018 23h46

O segundo episódio da 7ª temporada do "The Voice Brasil" teve como candidata uma cantora que já trabalhou em bares e boates, mas, sem muita opção, continua soltando a voz na "zona" mesmo. Pelo menos foi essa a definição da própria Indira Mel, de 30 anos, que fez uma versão de "Regime Fechado", de Simone & Simaria, para arrebatar o voto de Michel Teló.

Em entrevista antes da performance, a candidata revelou que, quando se apresenta nas casas de "entretenimento adulto", como ponderou educadamente Tiago Leifert -- até gaguejando com a surpresa -- arrisca outros ritmos além do sertanejo para ajudar no clima mais quente. "Como eu estou em um lugar onde rola uma sensualidade, tem que ter um Maluma, Anitta, 'Despacito', para que [as meninas] possam ir ao pole dance", contou Indira.

Após a performance no reality, a participante foi elogiada por Teló. "Ela que veio trazendo essa energia, a galera subiu legal. Veio com tudo. Mesmo que, pela quantidade de energia, acabe passando uma notinha ou outra, você vê que é uma cantora excepcional. Dá para ver que você é uma guerreira que sonha com isso". Ivete completou. "Ela veio para passar adiante! Você é profissional! Vive de música. Eu fiquei tomada por essa energia".

Parceiro de MC Gui

Lucas Nage subiu ao palco tendo como principal trabalho a composição de "Sonhar", hit de MC Gui com mais de 70 milhões de visualizações no YouTube. O cantor optou no "The Voice Brasil" por uma versão mais pesada da canção, mas que ainda assim não foi suficiente para Lulu Santos, o único que virou a cadeira, reconhecer a famosa faixa. 

"Você falou da música, que não conhecia. Mas eu acho que o Brasil conheceu, e sou grato por ter escrito a música", disse o candidato antes de abraçar Lulu. O jurado emendou. "Agora estou duplamente contente, porque você não só é um cantor com voz especial, como fez essa canção. Parabéns".

Os melhores da noite

O programa ficou marcado por apresentação excelentes, e já começou com tudo. Larissa Viana, mesmo acostumada a rodar o Brasil cantando músicas católicas, interpretou "Man in the Mirror", de Michael Jackson. Resultado: os quatro jurados viraram a cadeira. “O que o publico quer ver é esse prazer que você traz. É natural” , analisou Ivete, que perdeu a cantora para o "rival" Lulu Santos.

A dupla Bruno e Marrone foi lembrada por Léo Pain com "Dormi na Praça", e foi disputado pelos técnicos. Teló, que não é bobo nem nada, brincou: "Rapaz, estou doido para ser tetra com um cantor sertanejo". O jurado tricampeão do reality brasileiro acabou levando o candidato para seu time, e deixou os colegas mordendo os cotovelos.

Já Rê Adegas foi outra que arrasou em cima do palco. Com uma carreira de 21 anos, a gaúcha provou que tem um talento gigantesco para interpretar Elis Regina. O cover de "Vou Deitar e Rolar", registrado pela Pimentinha no álbum "Em Pleno Verão" (1970), foi certeiro. Sorte de Carlinhos Brown, que garantiu a cantora para seu time.