PUBLICIDADE
Topo

Netflix "rasga" contrato com empresa de Weinstein; veja as séries afetadas

Harvey Weinstein em foto de quando se entregou à polícia de Nova York -  Kevin Hagen/Getty Images
Harvey Weinstein em foto de quando se entregou à polícia de Nova York Imagem: Kevin Hagen/Getty Images

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

18/07/2018 13h30

A Netflix não será mais obrigada a honrar o seu contrato com a The Weinstein Company, produtora e distribuidora que era comandada pelos irmãos Bob e Harvey Weinstein, afetando produções que atualmente estão no serviço de streaming.

Segundo o site Deadline, a Netflix ganhou um processo na justiça americana que a desobriga a "aceitar entrega de conteúdos ou pagar por filmes e séries conectadas a The Weinstein Company" a partir deste mês.

A quebra de contrato significa que a terceira temporada de "Scream", série de terror inspirada pela franquia "Pânico", não deve ser distribuída pela Netflix.

Por outro lado, o épico de época "Peaky Blinders" está seguro no serviço de streaming, já que a Netflix adquiriu os direitos de distribuição da Weinstein Company antes da ruptura.

Já a série animada "Pequenos Espiões: Missão Crítica" tem uma segunda temporada garantida na Netflix, mas um futuro incerto depois disso.

A The Weinstein Company veio à falência após denúncias de assédio e estupro contra o seu diretor e fundador, Harvey Weinstein. Preso pela polícia de Nova York, o produtor pagou fiança e aguarda julgamento em liberdade.

Enquanto isso, a empresa foi vendida e rebatizada como Lantern Entertainment, que vai instituir uma nova diretoria e buscar conexões em Hollywood para continuar o trabalho de produção de filmes e séries.