PUBLICIDADE
Topo

Diretor do novo "O Predador" conta como criou o personagem ainda mais perigoso

Cena do filme "O Predador" (2018) - Reprodução/Entertainment Weekly
Cena do filme "O Predador" (2018) Imagem: Reprodução/Entertainment Weekly

Felipe Branco Cruz

Do UOL, em São Paulo

17/07/2018 15h06

Shane Black, diretor do novo "O Predador", remake do clássico de 1987, é um velho conhecido da indústria dos filmes de ação. É dele o roteiro de "Máquina Mortífera" e o roteiro e direção de "Homem de Ferro 3". Mas, a linha em seu currículo que mais chama a atenção é a sua atuação no "Predador" original, interpretando o soldado Hawkins.

Agora, Black volta à franquia como diretor e entregará aos fãs o alienígena predador mais perigoso da história. Em entrevista para a revista "Entertainment Weekly", o diretor contou o processo de atualização do personagem.

"Se o Predador fosse uma amálgama, não apenas um predador comum, mas também uma coleção de características das várias espécies mais poderosas que eles caçaram, então você teria um que é mais forte, mais rápido e mais inteligente de todos", disse Black. "Tive o cuidado de não fazer um predador como do passado, se não ele iria ficar parecendo um cara com traje de um time de futebol americano. Um cara grande e volumoso apenas andando por aí. Queria que ele fosse mais gracioso, mais leve e mais atlético, literalmente como um predador".

Na mesma entrevista, o diretor também falou sobre a sua conexão com a franquia. "Quero voltar a ter a sensação de ser uma criança com os olhos arregalados (...). De alguma maneira estranha, o filme original combinou Rambo com a mania Alien e durou 30 anos".

Sobre sua participação no filme original, Black contou que seu papel não foi grande. "Não acho que tenha desempenhado um papel muito importante, a não ser que as pessoas ficassem, tipo: 'Oh, cara, que legal foi te ver naquele primeiro filme'".

"O Predador" tem previsão de estreia nos Estados Unidos para 14 de setembro.