Topo

Geek


Como um convite para ser Cable em "Deadpool" virou um insulto para Russell Crowe

O ator Russell Crowe - TIZIANA FABI/AFP
O ator Russell Crowe Imagem: TIZIANA FABI/AFP

Do UOL, em São Paulo

08/07/2018 04h00

Russell Crowe, vencedor do Oscar de melhor ator por "Gladiador" (2000), se sentiu ofendido por um convite feito pelo co-criador de Deadpool para viver o vilão Cable nos cinemas.

E tudo começou com uma brincadeira.

"Uma noite antes de dormir, eu não sabia que Russell Crowe estava no Twitter, fui burro o suficiente para mandar uma mensagem para ele -- sem imaginar que ele responderia", lamentou Rob  Liefeld  ao "Collider".

"Eu disse, 'Ei, Russell, você deveria fazer teste para o Cable! Acontece que isso não caiu bem, porque quando acordei tinha uma mensagem do Russell: 'Fazer o teste?'. E meu agente falou, 'É.. Russell Crowe não faz teste para papéis. Você meio que o insultou", lembrou o roteirista.

O personagem Cable, interpretado por Josh Brolin, em "Deadpool 2" - Divulgação
O personagem Cable, interpretado por Josh Brolin, em "Deadpool 2"
Imagem: Divulgação

Rob ainda explicou. "Eu falei, 'Desculpa! É que eles ainda não selecionaram Cable, então só dei a ideia'. De repente, meu telefone começou a tocar e então algumas pessoas da Fox ficaram gritando comigo por uma hora".

Cable acabou sendo interpretado por Josh Brolin em "Deadpool 2", que fez mais de US$ 720 milhões nas bilheterias mundiais. O ator, que também apareceu no blockbuster "Vingadores: Guerra Infinita", fechou um contrato para mais três filmes como o vilão do Deadpool.

Já o último papel de Russell Crowe foi no reboot de "A Múmia", protagonizado por Tom Cruise, em que o ator interpretou o misterioso Dr. Henry Jekyl e a sua versão demoníaca Mr. Hyde.

Geek