Topo

Música

Gay assumido, cantor de k-pop é censurado por clipe com beijão e bebedeira

Reprodução/YouTube
Cena do clipe de "I'm Not Afraid", do ídolo k-pop Holland Imagem: Reprodução/YouTube

Do UOL, em São Paulo

06/07/2018 14h46

Holland, primeiro ídolo do k-pop que já se lançou na carreira assumidamente gay, lançou um clipe polêmico na quinta-feira (5). Ao menos na Coreia do Sul. No país asiático, que não é muito liberal, o vídeo que traz beijo gay, cigarro e bebedeira foi classificado como "+19", ou seja, acessível apenas para quem é maior de idade. No Brasil, é possível acessar sem barreiras o vídeo.

A música se chama "I'm Not Afraid" ou "Eu Não Tenho Mais Medo" em tradução literal. Cantada em coreano, o refrão é cantado em inglês como o título da música. No vídeo, Holland recebe alguns amigos em casa para uma típica festa regada a bebida e música. Em algumas cenas, rolam beijinhos entre ele e outro rapaz, além de casais de lésbicas e a participação de uma drag queen.

Geralmente, os ídolos do k-pop precisam manter a postura justamente por serem exemplos para os adolescentes sul-coreanos. Bastante preocupados com a imagem, eles são moldados em verdadeiras academias de música. Tamanha disciplina gera muitos grupos de sucesso, mas também algumas tragédias. Kim Jong-hyun, do grupo SHINee, cometeu suicídio aos 27 anos em dezembro do ano passado.

Newsletters

Receba por email as principais notícias do UOL sem pagar nada.

Quero receber