PUBLICIDADE
Topo

Chris Brown é preso após show na Flórida

Chris Brown foi preso novamente - Paras Griffin/Getty Images
Chris Brown foi preso novamente Imagem: Paras Griffin/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

06/07/2018 08h20Atualizada em 06/07/2018 10h33

Chris Brown foi preso assim que deixou o palco de um show na Flórida, nos Estados Unidos, na última quinta-feira (5). O cantor, porém, já encontra-se em liberdade após o pagamento de uma fiança. 

Foto Chris Brown preso - Reprodução - Reprodução
Foto de Brown no momento em que sua prisão foi registrada
Imagem: Reprodução

De acordo com os site TMZ, Brown foi levado pelas autoridades locais logo ao fim de sua apresentação no anfiteatro Coral Sky, em West Palm Beach (que fica a cerca de 110 km ao norte de Miami).

Fontes ligadas à polícia relataram ao site que Brown foi preso por conta de um mandado de prisão extraordinário, ligado a uma agressão. A acusação em questão se refere ao ataque do cantor contra um fotógrafo em uma casa noturna na cidade de Tampa, ocorrido ano passado.

O cantor passou menos de uma hora na delegacia. Ele foi liberado em 53 minutos, após pagar uma fiança de US$ 2 mil. 

Histórico conturbado

Chris Brown tem um longo histórico de problemas legais. Em 2009, ele agrediu Rihanna, sua namorada à época, na véspera dos prêmios Grammy. O cantor foi condenado a cinco anos em liberdade condicional e 180 horas de serviços comunitários pelo ataque de fevereiro. Ele pediu desculpas publicamente e os dois chegaram a reatar por um tempo. 

Em 2014, Brown se declarou culpado de ter agredido um homem na frente de um hotel em Washington. Dois anos depois, ele foi acusado de agredir uma mulher em Las Vegas. Meses mais tarde, acabou detido por suspeita de agressão armada contra uma jovem, mas foi liberado após pagar uma fiança de US$ 250 mil

Ele ainda foi processado por seu ex-empresário, por agressão, e pelo produtor Suge Knight, pela suposta ligação com um tiroteio ocorrido em uma boate na Califórnia

No início de 2017, a Justiça norte-americana proibiu Brown de chegar perto de sua ex-namorada, Karrueche Tran. Ela o acusou de tê-la agredido e de tê-la ameaçado de morte. 

Em maio deste ano, Brown se tornou réu em um processo movido por uma mulher que alega ter sido estuprada repetidas vezes na casa do cantor, em Los Angeles.