PUBLICIDADE
Topo

Nova série da Netflix vai mostrar jovem Freud investigando serial killer

Sigmund Freud, austríaco considerado o pai da psicanálise, será retratado em série - AP
Sigmund Freud, austríaco considerado o pai da psicanálise, será retratado em série Imagem: AP

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

05/07/2018 13h33

Uma nova e inesperada versão do pai da psicanálise, Sigmund Freud, está para chegar em uma série da Netflix. Na apropriadamente intitulada "Freud", o personagem histórico aparece jovem e aplicando suas habilidades na investigação de um serial killer.

Produzida pela Áustria natal do Dr. Freud, a série ainda coloca o improvável investigador em boa companhia: ele recebe a ajuda de uma jovem médium e de um veterano policial local para perseguir o assassino em série que atormenta sua cidade, Viena.

Marvin Kren, conhecido pelo trabalho na aclamada série "4 Blocks", vai dirigir os episódios da série, além de escrever o roteiro ao lado de  Stefan Brunner ("Motoqueiro Fantasma: Espírito de Vingança") e Benjamin Hessler ("O ABC da Morte 2").

"Freud" será a primeira produção austríaca da Netflix, que já apostou com sucesso em títulos de outros países europeus, como a Alemanhã ("Dark"), a Espanha ("La Casa de Papel") e a Dinamarca ("The Rain").

Nascido em 1856 e morto em 1939, Freud nunca aplicou, na vida real, seus conhecimentos em uma investigação policial. Nos cinemas e na TV, já foi interpretado por atores como Viggo  Mortensen ("Um Método Perigoso") e Montgomery Clift ("Freud - Além da Alma").