PUBLICIDADE
Topo

Fotos íntimas de Amy Winehouse, tiradas por amigo, serão publicadas em livro

AP Photo/Matt Dunham
Imagem: AP Photo/Matt Dunham

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

05/07/2018 15h53

Um novo livro de fotografias vai fazer a cabeça dos fãs da cantora Amy Winehouse. Nas imagens tiradas entre 2008 e 2010, ela aparece descontraída e em momentos íntimos, posando para o melhor amigo Blake Wood.

Amy Winehouse posa para o fotógrafo Blake Wood - Blake Wood/Dazed - Blake Wood/Dazed
Amy Winehouse posa para o fotógrafo Blake Wood
Imagem: Blake Wood/Dazed

Como define o próprio Wood em entrevista ao site Dazed, Winehouse aparece "em paz com o mundo" nas fotos. Os dois se conheceram em uma festa na casa de Kelly Osbourne, em 2008, na qual Winehouse se ofereceu para prever o futuro do fotógrafo usando um baralho convencional.

Uma das primeiras cartas que a cantora tirou naquela ocasião, como lembra Wood, foi um ás de copas, o que selou a amizade. Winehouse tinha o símbolo da carta tatuado no dedo anelar esquerdo, e o fotógrafo mais tarde fez uma tatuagem idêntica.

"Como artista, Amy acreditava muito em mim, no meu olho, antes mesmo de eu entendê-lo ou me considerar alguém capaz de tirar uma boa foto. Ela colocou na minha cabeça que eu era um fotógrafo e me empurrou para ser criativo. Foi algo muito grande que ela fez por mim, e que me mudou de uma maneira essencial", comenta o fotógrafo.

As fotos incluem momentos em meio a natureza da ilha de Saint Lucia, e em saídas com os amigos em Londres. Em outras imagens, a cantora aparece enterrada na areia em uma praia, cavalgando e retocando a maquiagem no banheiro de uma boate, entre outras fotos. As imagens podem ser vistas no site Dazed.

"Com esse livro, eu quero mudar a forma como falamos sobre Amy. Eu acho que, mesmo quando estava com ela em meio à imprensa, em meio aos questionamentos e julgamentos, eu sempre tentei colocar na cabeça das pessoas que ela era um ser humano, e não outras coisas que diziam que ela era", relata Wood.

"O que aconteceu com Amy foi uma crise de saúde pública. Ela era alguém que estava lutando contra o vício e com problemas de saúde mental, e o fato de que estávamos explorando isso, e não dizendo 'ei, essa pessoa precisa de ajuda', é terrível", completa.

Mais de cem retratos compõem o livro, intitulado "Amy Winehouse by Blake Wood", a ser lançado em 23 de julho no mercado americano.

Winehouse, considerada uma das grandes vozes das últimas décadas, morreu em 2011, aos 27 anos.