PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Diretor de terror chileno é acusado de assédio e abuso por 8 mulheres

O diretor, produtor e roteirista chileno Nicolás López - Divulgação
O diretor, produtor e roteirista chileno Nicolás López Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

30/06/2018 17h50

O diretor, produtor e roteirista chileno Nicolás López, conhecido por filmes de terror como "Aftershock" e "Bata Antes de Entrar", foi acusado por oito mulheres de assédio e abuso sexual. Os casos foram revelados pela revista chilena El Mercúrio. Os representes do cineasta negam as acusações.

Segundo a publicação, a atriz e cantora chilena Daniela Ginestar disse que após um jantar López mostrou um vídeo dele fazendo sexo com uma atriz famosa, deixando implícito de que ela deveria fazer o mesmo para conseguir trabalho. Depois, López masturbou-se na frente dela. 

Outro caso foi o da modelo Bernardita Cruz, que afirmou ter sido apalpada por López em 2012 após o cineasta ter feito comentários sobre os seus seios. Já María Vidaurre afirmou que em 2015 foi chamada por López para um teste na casa do diretor e que ele a jogou na cama e tentou forçar o sexo.

López fez sucesso no cinema chileno e encontrou entrada em Hollywood ao trabalhar com Eli Roth, o protagonista de "Aftershock". Foi Roth (do remake de "Desejo de Matar" quem dirigiu o roteiro de "Bata Antes de Entrar" escrito por López.

Entretenimento