PUBLICIDADE
Topo

Criador de "Breaking Bad" quer Walter White e Jesse em "Better Call Saul"

Walter White (Bryan Cranston) and Jesse Pinkman (Aaron Paul) em cena da última temporada de Breaking Bad - Divulgação/AMC
Walter White (Bryan Cranston) and Jesse Pinkman (Aaron Paul) em cena da última temporada de Breaking Bad Imagem: Divulgação/AMC

Do UOL, em São Paulo

29/06/2018 14h54

O criador de “Breaking Bad” afirmou que está morrendo de vontade de introduzir mais dois personagens da série em “Better Call Saul”: Ninguém menos que Jesse Pinkman (Aaron Paul) e Walter White (Bryan Cranston).

Com a proximidade ainda maior entre as séries, que compartilham do mesmo universo e alguns personagens, Vince Gillian afirmou que está “desesperado” para encontrar uma maneira de resgatar os dois personagens principais da antiga série. “[Co-criador de 'Better Call Saul'] Peter [Gould] quer isso, os escritores, os atores”, afirmou à Entertainment Weekly.

À publicação, os atores afirmaram que topam voltar a encarnar os personagens. “Minha atitude em relação a isso é a mesma que eu tive quando ‘Better Call Saul’ começou”, disse Aaron Paul. “Se Vince decidir colocar Jesse em 'Better Call Saul', vai ser por uma razão, e essa razão vai ser muito gratificante para mim. Eu confio em Vince. Eu não acho que ele faria isso apenas para satisfazer os fãs. Teria um propósito (...) e se ele encontrar esse propósito fico feliz em embarcar.”

"Se ele pedisse, eu apenas diria sim", acrescentou Cranston, que diz ter algumas "idéias". “[Vince] cuida tão meticulosamente de seus personagens e da história, e ele mudou nossas vidas. ‘Sim’ é a resposta. Mesmo que seja apenas uma aparição. Uma coisinha rápida.”

Por enquanto, os fãs saudosos de "Breaking Bad" poderão se amparar na quarta temporada de "Better Call Saul". Gillian confirmou que outro personagem do mesmo universo estará de volta.

"Haverá um importante personagem de 'Breaking Bad' que vocês verão neste ano. É uma boa temporada. Ela está mais tensa, mais rica. Ainda está engraçada, mas a proximidade entre as duas séries está cada vez maior", afirmou a “USA Today”.