Topo

Festivais

Haim, a banda girl power do Rock in Rio Lisboa que você precisa conhecer

Felipe Branco Cruz/UOL
A banda Haim se apresenta no primeiro dia do Rock in Rio Lisboa 2018 Imagem: Felipe Branco Cruz/UOL

Felipe Branco Cruz

Do UOL, em Lisboa (Portugal)*

23/06/2018 19h16

A grande surpresa da primeira noite do Rock in Rio Lisboa, aqui no parque Boa Vista, foi o power trio americano Haim, formado em 2006 em Los Angeles, na Califórnia, pelas irmãs Este, Alana e Danielle, que têm entre 26 e 32 anos.

O grupo, embora veterano, é pouco conhecido no Brasil e sua apresentação foi uma das boas surpresas deste dia, em que também tocaram Muse, Anavitória e Bastille. As três irmãs, que são multi-iinstrumentistas, ficavam se revezando no palco, ora na bateria, no baixo, na guitarra e nos vocais.

A versatilidade do grupo vem de família, já que antes de se lançarem como grupo, elas tocavam em uma banda formada por seus pais, Rockinhaim, em que faziam covers de clássicos do rock em festas para arrecadar dinheiro para a caridade.

Com um entrosamento somente possível entre irmãs, as três são cheias de carisma e donas de músicas com letras poderosas. “Olá Portugal! É bom injetar um pouco de girl power em vocês, não é?”, disse Alana.

Felipe Branco Cruz/UOL
Danielle Haim no show da sua banda no palco Mundo do Rock in Rio Lisboa Imagem: Felipe Branco Cruz/UOL

O som do trio é feito do bom e velho rock n' roll, porém com pitadas de pop e R&B. O efeito é impressionante e é impossível não se deixar contagiar, especialmente pela baixista Este. A artista não tem medo de demonstrar seus sentimentos no palco e passou mais da metade da apresentação fazendo caras e bocas como se precisasse extravasar a força de suas músicas.

Quem não conhece a banda e a assiste pela primeira vez, a impressão é de estar assistindo uma versão feminina da sensibilidade dos Hanson com o peso do Silverchair.

O show do Haim atraiu uma multidão ao Palco Mundo. Mas elas deixaram o melhor apenas para o final, quando as três tocaram juntas um impressionante solo de bateria. O grupo não ficou em nada devendo para o Muse, a experiente banda britânica, cujo o show já foi eleito mais de uma vez como o melhor do mundo.

*O repórter viajou a convite do Rock in Rio LIsboa