Topo

Entretenimento

Samuel L. Jackson faz post para Trump e é acusado de homofobia

Do UOL, em São Paulo

16/06/2018 14h48

Samuel L. Jackson está alimentando mais uma polêmica na internet. O ator de "Vingadores" e "Pulp Fiction" quis parabenizar o presidente norte-americano Donald Trump de forma irônica, mas acabou sendo acusado de homofobia.

"Deve ter sido uma festa e tanto na Casa Branca. Mitch, Paul, Rudy e outros foram vistos usando joelheiras e carregando isso aqui. Feliz aniversário", escreveu o ator. Na imagem, uma bala com um rótulo que sugere seu uso após sexo oral, insinuando o ato com integrantes do Partido Republicano.

"Homofóbico pra c***, Sam", respondeu um usuário do Twitter imediatamente. Muitos outros se juntaram e criticaram Jackson por insinuar o sexo oral entre homens como uma ofensa.

"Esse tipo de comentário homofóbico é o que tem causado o encolhimento da base do Partido Democrático", diz outro post.

Mais Entretenimento