Topo

Entretenimento

Atriz e cosplayer Chloe Dykstra acusa ex-namorado de abuso sexual

Frazer Harrison/Getty Images
Chris Hardwick e Chloe Dykstra em foto de 2014 Imagem: Frazer Harrison/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

15/06/2018 13h32

A atriz e cosplayer Chloe Dykstra publicou um emocionante texto no Medium onde acusa seu ex-namorado, Chris Hardwick, de abuso sexual e emocional. Ela detalhou o relacionamento afirmando que ele "constantemente gritava ou surtava" além dos abusos no sexo. Neste período, ela lutou contra a anorexia e chegou a ser hospitalizada com gravidez ectópica, quando o embrião se forma fora do útero. Aos 29 anos, a atriz disse que chegou a pensar em suicídio.

"Na frente das câmeras ele era um príncipe. Quando se desligavam ele se transformava em um pesadelo", disse ela.

Entre os relatos, Chloe disse que ele não a deixava sair à noite ou falar em público. Em um destes casos, ele a forçou a ficar no quarto de hotel confinada enquanto ele estava na Comic-Con de San Diego.

Durante os três anos, a atriz afirma que o ex fez com que ela perdesse diversos trabalhos.

Reprodução
A atriz Chloe Dykstra postou imagem para mostrar a fase onde enfrentou anorexia Imagem: Reprodução

Abuso sexual

Certa noite, Dykstra disse para o ex que estava muito doente para fazer sexo. Hardwick teria respondido: "Só quero te lembrar que a razão pela qual meu último relacionamento não funcionou foi a falta de sexo".

"Todas as noites eu ficava lá deitada por ele. De vez em quando enquanto chorava. Ele achava engraçado", escreveu a atriz.

Enquanto estava internada por causa da gravidez ectópica, segundo ela, sua única preocupação foi questionar o médico sobre quando ela poderia fazer sexo novamente.

Finalizando o texto, ela usou uma frase da série "Bojack Horseman". "Você sabe, é engraçado. Quando você olha para uma pessoa com um óculos cor de rosa, todas as bandeiras vermelhas parecem somente bandeiras".

"Por favor, fiquem de olho nessas bandeiras vermelhas", concluiu.

Hardwick, de 47 anos, comanda o "Nerdist Podcast" e o programa que passa após "The Walking Dead", da AMC, "Talking Dead". Ele não comentou as acusações.

Mais Entretenimento