Topo

Música


Kesha acusa produtor Dr. Luke de ter estuprado Katy Perry

Frederick M. Brown/Getty Images
O músico e produtor Dr. Luke trabalhou com vários nomes do pop Imagem: Frederick M. Brown/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

13/06/2018 17h05

A cantora Kesha acusou o produtor Dr. Luke, um antigo colaborador de seu trabalho, de ter estuprado Katy Perry. O conteúdo desta mensagem estaria em uma mensagem de texto enviada para Lady Gaga. As informações estão em documentos obtidos pela Variety em parte de um processo arquivado em Nova York.

Os documentos ainda relatam mais acusações de Kesha, que afirmou que ele a teria drogado sem sua permissão e também abusado dela. As mensagens de texto anexadas ao processo têm a data de 26 de fevereiro de 2016.

O texto ainda diz que Katy Perry chegou a dar seu depoimento durante o processo, mas não há nenhum registro do conteúdo de sua fala. A cantora não fez nenhuma acusação pública contra o produtor. Quando se afastou profissionalmente de Luke, a cantora não deu nenhum motivo específico, apenas afirmou que "precisava deixar o ninho".

Dr. Luke, cujo nome verdadeiro é Lukasz Sebastian Gottwald, negou todas as acusações. Além de Kesha, o músico trabalhou com nomes como Miley Cyrus, Kelly Clarkson, Avril Lavigne, Britney Spears e uma longa lista de artistas do mundo pop.

Getty Images
A cantora Kesha Imagem: Getty Images

No texto, a defesa do produtor diz que as acusaçõe de Kesha são falsas e que a cantora, em conversa com Lady Gaga, ainda a encorajou a espalhar notícias negativas sobre ele na imprensa e nas redes sociais.

A publicação entrou em contato com os advogados de Perry e Gaga, que não responderam. Um representante de Kesha preferiu não comentar o assunto.

Com Kesha, Dr. Luke atuou como produtor em "Animal" (2010), Cannibal (2010) e "Warrior" (2012). Já na discografia de Katy Perry, ele produziu "One of the Boys" (2008) e assina como um dos compositores de "I Kissed a Girl" e "Hot n Cold".

O outro lado

Além de negar as acusações, Dr. Luke diz ter um prejuízo de US$ 10 milhões em danos desde que as acusações de Kesha se tornaram públicas. Ele afirma que chegaria à tal cifra caso tivesse trabalhado nos discos de Katy Perry além dos danos por sua reputação no meio musical.


Mariana Pekin/UOL
Katy Perry chegou a dar depoimento em caso, de acordo com publicação Imagem: Mariana Pekin/UOL