Topo

Geek

Empresário de Stan Lee é preso acusado de fazer boletim de ocorrência falso

Jesse Grant/Getty Images
Stan Lee e seu empresário, Keya Morgan Imagem: Jesse Grant/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

12/06/2018 13h52

Keya Morgan, empresário de Stan Lee, foi preso na segunda-feira (11) sob a suspeita de ter registrado um boletim de ocorrência falso na polícia de Los Angeles, diz o site The Hollywood Reporter.

Envolvido há muito tempo com o segmento de cultura pop, Keya já vinha sido observado de perto pela mídia após várias denúncias que envolviam abusos contra o criador da Marvel.

De acordo com a publicação, ele foi levado pela polícia de Los Angeles por volta das 13h e teve que pagar uma fiança de US$ 20 mil para aguardar o julgamento em liberdade. Sua audiência está marcada para 2 de julho.

Leia mais:

Até então, a polícia não divulgou detalhes sobre os motivos da prisão, mas o artigo explica que toda a situação teria sido causada por um boletim de ocorrência registrado por ele no começo do mês. Na ocasião, Stan Lee teria sido confrontado por dois homens armados na frente de sua casa exigindo dinheiro.