Topo

Música

Natura Musical abre espaço para coletivos, blocos e festivais de música em 2019

Mariana Pekin/UOL
Liniker é uma das artistas a lançar disco pela Natura Musical este ano Imagem: Mariana Pekin/UOL

Do UOL, em São Paulo

11/06/2018 20h07

Um dos principais programas de patrocínio voltados para a música brasileira, a Natura Musical abre inscrições para novos projetos a partir desta terça-feira (12).

Serão investidos R$ 4,5 milhões– entre recursos próprios, lei Rouanet e leis estaduais na Bahia, no Pará, em São Paulo e no Rio Grande do Sul -- para o lançamento de novos trabalhos em formatos diversos. Pode ser álbum, EP, vinil, shows, clipes ou livro.

A novidade do edital este ano é dar espaço também a coletivos culturais. Ou seja, blocos carnavalescos, selos e casas de show de pequeno porte também podem ser contemplados. As inscrições podem ser feitas até o dia 29 de junho pelo site natura.sponsor.com.

Aceleradora

Assim como no ano passado, o programa procura por artistas com capacidade de se posicionar sobre assuntos do momento. “Buscamos selecionar propostas com potencial criativo para inovar e despertar o interesse das pessoas com um discurso conectado a temas contemporâneos”, afirma Fernanda Paiva, gerente de Marketing Institucional da marca.

Além disso, o projeto passa a servir como aceleradora, ajudando a gerir as carreiras dos contemplados. Segundo Paiva, cria-se assim um “ecossistema” para potencializar os projetos. “Temos percebido, por exemplo, que os artistas que optam por convergir agendas e realizar um show coletivo no mesmo palco ganham mais em público e mídia espontânea, além de otimizarem recursos”, explica.

Desde seu lançamento, em 2005, o programa investiu R$ 132 milhões no patrocínio de 367 projetos em 18 estados brasileiros, com média de 20 novos álbuns por ano.

Para este ano, a Natura Musical contemplou festivais como o Bananada e o No Ar Coquetel Molotov, além dos novos discos de Liniker e os Caramelows, Jards Macalé, entre outros.