Topo

Filmes e séries

Rose McGowan comemora possível prisão de Weinstein: "Um passo mais perto da justiça"

Matt Winkelmeyer/Getty Images for TCM
A atriz Rose McGowan discursa em festival de cinema em Los Angeles, em abril de 2017 Imagem: Matt Winkelmeyer/Getty Images for TCM

Do UOL, em São Paulo

24/05/2018 19h35

Rose McGowan, uma das atrizes que mais se manifestaram publicamente contra Harvey Weinstein, comemorou nas redes sociais a atual situação do magnata de Hollywood. A atriz alega que foi estuprada pelo produtor durante o Festival de Sundance em 1997. 

"Eu, e tantas outras sobreviventes de Harvey Weinstein, tinha perdido a esperança de que nosso estuprador seria responsabilizado por lei", escreveu a atriz. "20 anos atrás, eu jurei que iria corrigir isso. Hoje, estamos um passo mais perto da justiça. Nós éramos mulheres jovens que foram violentadas por Weinstein e depois aterrorizadas pela sua longa rede de cúmplices. Eu me levanto com minhas colegas sobreviventes. Que a prisão dele dê esperança para todas as vítimas e sobreviventes que estão contando suas verdades".

A expectativa, segundo noticiaram os veículos internacionais, é que Weinstein se entregue à polícia de Nova York nesta sexta-feira (25). Representantes do produtor não se pronunciaram.

Mais de 100 mulheres ligadas à indústria cinematográfica acusaram Weinstein de má conduta, inclusive assédio sexual e estupro. As polícias de Londres e Los Angeles também estão averiguando acusações contra o ex-chefão da Miramax.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!