Topo

Filmes e séries

Curta-metragem de brasileira ganha o Queer Palm, o prêmio LGBT de Cannes

Divulgação
Cena do curta-metragem "O Órfão" Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

18/05/2018 18h45

O filme "O Órfão", da diretora brasileira Carolina Markowick, exibido na Quinzena dos Diretores, no Festival de Cannes, ganhou o "Queer Palm" de melhor curta-metragem.

A Queer Palm é um prêmio independente atribuído desde 2010 ao melhor filme LGBT exibido no Festival de Cannes. Esta é a primeira vez que um trabalho brasileiro leva o prêmio.

O curta-metragem brasileiro conta a história do órfão Jonathan, um adolescente negro de 13 anos, que está aguardando para ser adotado.

Nas estatísticas de adoção, bebês brancos sempre são adotados primeiro. Jonathan sofre porque sabe que dificilmente alguém se interessaria por ele. Quando finalmente consegue uma chance, seu "jeito afeminado" se torna uma questão para o casal que quer adotá-lo

O filme belga "Girl", de Lukas Dhont, ganhou o prêmio de melhor longa-metragem. O trabalho foi exibido dentro da mostra "Um Certo Olhar".

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!