Topo

Livros e HQs

Stan Lee alega fraude e processa em US$ 1 bi empresa que ajudou a fundar

Charley Gallay/Getty Images
Stan Lee participa da estreia de "Vingadores: Guerra Infinita", em Los Angeles. O lendário quadrinista não anda bem de saúde, e compareceu de cadeira de rodas Imagem: Charley Gallay/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

15/05/2018 23h00

O quadrinista Stan Lee está processando a POW! Entertainment, empresa cofundada por ele, em US$ 1 bilhão. Aos 95 anos, a lenda dos quadrinhos alega fraude e diz que alguns de seus ex-sócios tentaram roubar seu nome, identidade e popularidade ao vender a empresa para chineses.

A POW! foi vendida em 2017 para um grupo da China. O criador do Homem-Aranha alega que o CEO da empresa Shane Duffy e o cofundador Gill Champion não o procuraram para discutir os termos para fechar o negócio.

Stan Lee diz ainda que os empresários se aproveitaram de um momento de fragilidade dele para vender a empresa, já que naquele momento a mulher do quadrinista estava em seu leito de morte (Joan Lee morreu em julho de 2017). Ele ainda cita que os ex-sócios se aproveitaram de seus problemas de visão, fruto da idade avançada.

Duffy e Champion, junto com o ex-empresário de Stan Lee, Jerardo Olivarez (que já responde a outro processo por fraude), pediram a ele para assinar uma licença não exclusiva com a POW! para o uso de seu nome e imagem. Em vez disso, o quadrinista diz ter assinado um acordo de atribuição de propriedade intelectual "fraudulento" que teria concedido a POW! Enterteinment "o direito exclusivo de usar o nome, a identidade e a imagem de Stan Lee em uma base mundial em perpetuidade."

Para piorar a situação, a lenda dos quadrinhos também afirma que a POW! assumiu o controle de suas contas nas redes sociais e está se passando por ele.

Aos 95 anos, Stan Lee não vive um momento fácil. Recentemente, foi revelado que ele sofreu um golpe em que seu sangue foi usado para autografar HQs.

Outros problemas também afligem a lenda da Marvel. Não bastasse ele ter sido flagrado com a saúde debilitada, Lee também estaria sofrendo abusos físico e psicológico da própria filha, que seria cúmplice das fraudes dos ex-companheiros de trabalho que o pai agora processa.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Livros e HQs