Topo

Música

No México, Anitta nega rejeitar rótulo: "Eu sou feminista sim"

Bruno Santos/UOL
Imagem: Bruno Santos/UOL

Do UOL, em São Paulo

15/05/2018 17h15

Se existe uma questão de persegue Anitta é se ela é ou não feminista. No mês passado, a cantora pop evitou o rótulo em entrevista à agência AFP e criou polêmica ao dizer que não queria ser confundida com quem “levanta a mulher e coloca o homem para baixo”.

A questão voltou à baila durante sua passagem pelo México, onde ela cumpre extensa agenda de divulgação. Durante entrevista a RMS Canal, transmitido na página do Facebook da emissora mexicana, a cantora foi confrontada com a fala. “Não, eu sou feminista”, disse, surpresa.

Anitta afirmou que a confusão se deu por ela não ter conseguido se expressar corretamente na entrevista anterior. “Algumas vezes, quando damos entrevistas, nem sempre conseguimos expressar exatamente o que pensamos. Eu dou trinta entrevistas por semana! Algumas vezes alguém interpreta mal”, disse.

“Eu sou feminista sim. Eu só disse que o feminismo quer igualdade entre homens e mulheres, e não o oposto. Para exaltar a mulher, não precisa rebaixar os homens”, disse. “Somos todos incríveis”.

Na entrevista, Anitta afirmou que não se importa em emplacar sucessos no topo das paradas e falou sobre suas cirurgias plásticas. “Eu tinha um nariz gigante, mudei toda minha cara, mas mudar a cara é fácil. Você encosta e quando acorda já está mudada. Agora, para tirar as celulites eu tenho que fazer dieta. E eu não quero ficar sem comer”.