Topo

Filmes e séries

Em Cannes, Cate Blanchette diz que cinema só terá igualdade com mais ações

AFP PHOTO / Alberto PIZZOLI
Cate Blanchett, presidente do júri do Festival de Cannes de 2018 Imagem: AFP PHOTO / Alberto PIZZOLI

Do UOL, em São Paulo

08/05/2018 10h33

A atriz Cate Blanchett, presidente do júri do Festival de Cannes, que começa nesta terça-feira, apontou em entrevista coletiva como vê a mudança que está ocorrendo na indústria de entretenimento desde que casos de abuso sexual foram revelados no ano passado. Para ela, o processo ainda demorará alguns anos para mostrar resultados mais visíveis.

"Para que aconteça uma mudança mais profunda é preciso que algumas ações específicas sejam tomadas. Isso tem a ver com a lacuna de gênero, a diversidade racial e a igualdade, e a maneira como nós fazemos o nosso trabalho. É claro que isso já está acontecendo na nossa indústria, mas isso tem um impacto direto nos filmes em competição neste ano? Não exatamente. Temos várias mulheres em competição, mas elas não estão aqui por causa do gênero. Elas estão aqui por causa da qualidade do seu trabalho", disse Blanchett.

Neste ano, o festival de Cannes tem três mulheres diretoras competindo. "Eu gostaria de ver mais mulheres na competição?", Blanchett disse. "Absolutamente. Eu acho que vai acontecer no futuro? Eu espero que sim", completou.

Os outros membros do júri incluem Kristen Stewart, Ava DuVernay, Denis Villeneuve, Lea Seydoux, Chang Chen, Khadja Nn, Robert Guediguian e Andrei Zvyagintsev.

O festival de Cannes vai até terça-feira (19).